segunda-feira, 4 de março de 2013

Saiba como proteger seus equipamentos no período de chuvas

Do:Uol
O verão dará lugar ao outono no próximo dia 21, mas as tempestades que caracterizam a estação de calor só começaram há poucas semanas.
Além dos estragos que, infelizmente, se tornaram tradição nas cidades durante esta época, as chuvas também trazem transtornos a quem possui aparelhos eletrônicos em casa ou na empresa.
Televisor, computador, notebook, geladeira e máquina de lavar são os itens domésticos mais críticos.
E na indústria a sensibilidade é muito maior, porque é necessário proteger dados e uma quantidade grande de equipamentos - que geralmente são mais caros que os domésticos.
É bem difícil uma residência ser atingida por raio, mas caso isso aconteça não há aparelho que possa conter a descarga elétrica,
Mesmo que o raio atinja a rede, e não a casa, vários tipos de problemas podem ocorrer, desde a queima total do aparelho a um incêndio doméstico.

O que fazer?
O jeito mais eficaz de ficar longe dos contratempos é equipar a casa toda com produtos como estabilizadores, módulos isoladores e no-breaks.
O primeiro, como o próprio nome diz, serve para consolidar as tensões da rede, além de ter função de transformador, e o módulo faz a mesma coisa, servindo ainda como uma espécie de aterrador - "mas nada substitui o bom aterramento", ressalta a especialista.
Já os no-breaks impedem que eventuais quedas de energia atinjam o aparelho que está ligado nele; há modelos que garantem mais três minutos de autonomia para que se possa fazer o desligamento correto, mas alguns chegam a segurar por até uma hora.
Apesar de serem evidenciadas durante o período de chuvas, adversidades ocorrem o tempo todo, até por isso concessionárias que abastecem as cidades têm um limite de oscilação de energia que gira em torno de 15%. Por isso cercar a casa ou a empresa de equipamentos de proteção é o mais indicado. Mas ainda há uma solução prática e infalível, se você não tiver como investir na segurança: basta tirar os aparelhos da tomada.

Nenhum comentário: