Postagens

Mostrando postagens de Março, 2014

Prêmio Hans Christian Andersen

Brasileiro ganha prêmio internacional da literatura infanto juvenil O ilustrador brasileiro Roger Mello conquistou o prêmio Hans Christian Andersen, considerado o Nobel da literatura infantil e juvenil. A premiação aconteceu durante a Feira do Livro Infantil e Juvenil de Bolonha, na Itália,  Mello é o primeiro ilustrador brasileiro a ganhar o prêmio. Antes dele, Lygia Bojunga e Ana Maria Machado venceram na categoria escritor. A honraria é atribuída pelo Conselho Internacional sobre Literatura para os Jovens a autores de literatura para a infância e juventude. O ilustrador já havia sido indicado ao mesmo prêmio em 2010. Em 2002, recebeu o prêmio suíço Espace Enfants e foi vencedor do prêmio Jabuti nas categorias literatura infanto juvenil e ilustração com o livro  Meninos do Mangue , além de outros prêmios da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil. Em 2014, a Feira de Bolonha completa 50 anos e tem o Brasil como país homenageado. Além dos trabalhos de Roger Mello, mai

Labirintos

Imagem
                                              Labirintos                                                       Walnize Carvalho                              E foi ,que dia desses reorganizando a vida para o ano no qual, efetivamente, começou neste mês, me vi atordoada em meio a papéis e correspondências a serem arquivados e outros tantos com prazo a serem cumpridos.              Cerquei-me de caixas, envelopes, pastas, etiquetas e... mãos a obra!              Quem disse?! ... Talvez dado ao calor e ao acúmulo da papelada, me senti confusa, sem saber por onde começar, como se estivesse entre passagens ou corredores estreitos, dos quais encontramos dificuldade em achar um meio ou um caminho de saída: um verdadeiro labirinto.             Levantei-me.            Caminhei um pouco pela sala.            Bebi um copo d’água.            Recostei-me  no sofá, buscando calmaria.             O pensamento criou asas e, como se quisesse frear meu impulso em resolver tudo de

Desabafo inútil

Hoje, mais uma vez, no retorno a Campos, eu e muitos que trabalham em Macaé "pagamos o pato". Depois de uma exaustiva semana de trabalho e a tensão diária de pegar esta BR assassina. Ok, não esquecerei dos que vinham de outros lugares e também padeceram. E tome desrespeito!! Vários passando pelo acostamento, criando a possibilidade de acidentes graves. Mais uma manifestação de moradores de localid ades insatisfeitos com a Dona Rosinha e sua patota. Desta feita, a comunidade de Santa Helena, que, pelo que eu soube, tentou desde a forte chuva de ontem que a Defesa Civil da cidade providenciasse ajuda, visto que o local onde moram estava debaixo d'água. Me pus no lugar destes moradores. A revolta deles é justificável, até pelo descaso com que esta prefeitura age diuturnamente. Apenas estranhei que a Defesa Civil, comandada por Dr. Henrique Oliveira, uma pessoa sensível e que em outras oportunidades sempre se mostrou mais presente, não tenha agido de maneira mais veement

Cine Jornalismo

Imagem
CINE JORNALISMO AIC - TEMPORADA 2014 29 de Março Filme: Afirma Pereira - Páginas da Revolução (Portugal/Itália/França, 1995) Comentador: Alexandro Florentino Local: AIC Hora: 16h 26 de Abril Filme: A Árvore, o Prefeito e a Mediateca (França, 1992) Comentador: Ricardo André Vasconcelos Local: AIC Hora: 16h 31 de Maio Filme: O Pai do Gol (Brasil, 2012) Comentadores: Especial Semana da Imprensa: Mesa redonda com Paulo Renato Porto, Arnaldo Garcia, Álvaro Marcos e Wesley Machado Local: AIC Hora: 16h 26 de Julho Filme: A Doce Vida (França/Itália, 1960) Comentadora: Talita Barros                    Local: AIC Hora: 16h 30 de Agosto Filme: O Americano Tranquilo (EUA, 2002) Comentador: Rafael Vargas Local: AIC Hora: 16h 27 de Setembro Filme: Profissão Repórter (Itália, 1975) Comentador: Ocinei Trindade Local: AIC Hora: 16h 25 de Outubro Filme: Adorável Vagabundo (EUA, 1941) Comentador: Marcos Curvello                  Local: AIC Hora: 16h 29 de Novembro Filme: O Custo da Coragem - Verônica

SESC

Imagem

Você viu?

No JH   edição de 26/03/2014 Marcos Uchoa-   Irã Poesia influencia a vida dos iranianos Série mostra como é a relação dos iranianos com as palavras. É interessante observar como os jovens se envolvem com a poesia. A poesia é muito forte no Irã. É interessante observar como os jovens se envolvem com isso e admiram poetas que escreveram suas obras mil anos atrás. A série do Jornal Hoje mostra como é a relação dos iranianos com as palavras. No Irã existe uma infinidade de monumentos históricos. Afinal, a Pérsia, como o país era conhecido, foi a primeira super potência da história – há uns 2.500 anos. Se a riqueza arquitetônica impressiona, existe também um outro lado, mais original do país. A palavra “paraíso” tem origem persa e ela é ligada a ideia de jardim. O apreço, a beleza, a harmonia e a paz que a natureza traz, sempre foi algo muito importante para os iranianos. O Irã é um país apaixonado por poesia. Poetas que escreveram suas obras há mil, 800, 700 anos, ainda são

Garotinho no meio de racha em Igreja Evangélica

Imagem
Do Radar On line: Racha na Mundial Valdemiro: atrito com Floriano Azedou o clima entre Valdemiro Santiago e Francisco Floriano, um dos seus representantes no Congresso. Floriano queria emplacar seu filho como candidato da Igreja Mundial a deputado estadual no Rio, mas Valdemiro vetou (Leia mais em O deputado da Mundial ). Agora, Floriano está irritado porque Valdemiro não vai apoiar a campanha de Anthony Garotinho, presidente do PR, seu partido. Floriano já articulava um mega evento em Campos dos Goytacazes, terra da família Garotinho. Por Lauro Jardim

E o dia chegou....Conheci Mestre José Trajano

Imagem
                                                 Conversando com Mestre Trajano                                   Lúcio de Castro, grande jornalista da ESPN, que vem denunciando o esquema   sujo na Confederação Brasileira de Vôlei                                                   Hoje, os três estão no Fox Sports, mas já foram ESPN Brasil: Guga Villani, Edu Elias e Rodrigo Bueno, que assim como eu, torce pela Holanda. Minha amiga Patricia Pupe, o filósofo Xico Sá, este blogueiro e Rodrigo Bueno.                                                       Mestre Fernando Calazans                                                  Era para ser o contrário...Valeu, Trajano!!! Batendo papo com a equipe da ESPN Brasil                           Eis meu melhor amigo: Marcelo Potência. Sem ele, não seria a mesma coisa.... Há uns quinze anos acompanho a programação da ESPN Brasil. Mas já conhecia José Trajano do "Cartão Verde",

Martha Medeiros na manhã de outono

Imagem
De onde vem a nossa dor A dor nas costas vem das costas, a dor de estômago  vem do estômago,  a dor de cabeça vem da cabeça.  E sua dor existencial, vem de onde? Ela vem da história que você meio que viveu,  meio que criou – é sabido que contamos para nós mesmos  uma narrativa que nem sempre bate com os fatos.  Nossa memória da infância está repleta de fantasias e leituras  distorcidas da realidade. Mesmo assim, é a história  que decidimos oficializar e passar adiante,  e dela resultam muitas de nossas fraturas emocionais. Nossa dor existencial vem também do quanto levamos a sério  o que dizem os outros, o que fazem os outros e o que pensam os outros  – uma insanidade, pois quem é que realmente sabe o que pensam os outros?  Pensamos no lugar deles e sofremos por esse pensamento imaginado.  Nossa dor existencial vem dessa transferência descabida. Nossa dor existencial, além disso, vem de modelos projetados como ideais, a saber : é melhor

UOL dando uma zoada no craque português...

Imagem

Charge do dia- Luscar

Imagem

Programação teatral SESI- Março

Imagem

Ah! Nós, mulheres!...

Imagem
Walnize Carvalho Eufóricas ou melancólicas vamos vivendo nossa condição feminina. De tão observadas merecemos rótulos: vitoriosas, guerreiras, apáticas, pragmáticas, divertidas, mal-humoradas, antenadas, autocentradas, extrovertidas, introspectivas, peruas, simplesinhas, princesas, bruxinhas, temperamentais, “as que amam demais”... e sofrem. Sofremos de TPM (que também pode ser traduzido por as que resolvem Todo Problema do Mundo). Vivemos intensamente 25 horas por dia: correndo, ao volante, frente ao computador, falando ao celular... Em casa, na rua, no trabalho, nosso radar está sempre ligado. Travamos lutas diariamente com dois inimigos mortais: o espelho e a balança.  Somos chiques. Damos choques e chiliques. Nossos sonhos de consumo vão desde ver “o filho encaminhado na vida” ao saber caminhar elegantemente num salto sete e meio ao estilo Gisele Bündchen. Furiosas, descemos do salto, subimos nas tamancas. Serenas, levitamos qual borboletas em torno da flor. Radicais. Ora estamo

Exagerou? Veja quatro receitas detox para se recuperar rapidinho do carnaval

Imagem
iG São Paulo Após os excessos alimentares cometidos nos quatro dias de folia, nada melhor que alimentos para reequilibrar o corpo Todo o ano é a mesma coisa. A dieta carnavalesca regada a cerveja e farta em comidas gordurosas já faz figura em plena quarta-feira de cinzas. Como se já não bastasse a tristeza tradicional do dia que fecha o carnaval, além dos quilos adquiridos na folia, o corpo ainda por cima reclama dos excessos. É cansaço, imunidade baixa, sensação de inchaço e intestino lento. Para deixar o corpo em equilíbrio novamente, nada melhor do que adotar uma alimentação saudável e eliminar as toxinas através da ingestão de alimentos detox que auxiliam na “limpeza” corporal. É hora de recuperar.  Iogurte batido com chá de frutas vermelhas Ingredientes: - 3 sachês de chá de frutas vermelhas - 2 xícaras (chá) de iogurte batido Preparo: Faça um chá concentrado com os três saches em 100 ml de água filtrada. Deixe em infusão por cinco minutos. Deixe esfriar, retire

Período de defeso do camarão preocupa pescadores de Campos, RJ

Imagem
Pescadores acham que a data do defeso deveria ser outra. Ministério da Pesca e IBAMA afirmam que mudança depende de pesquisa. Letícia Bucker Do G1 Norte Fluminense Farol é um dos representantes da pesca do crustáceo no estado do Rio (Foto: Reprodução/InterTv RJ) No último sábado (1º), começou o período do defeso do camarão. Farol de São Tomé, litoral de   Campos dos Goytacazes , no Norte Fluminense, é um dos principais representantes da pesca do crustáceo no Estado do Rio de Janeiro. Em média, 20 toneladas da espécie sete barbas são pescados por dia. O defeso termina no dia 31 de maio.  No sábado, o trabalho dos pescadores esteve em ritmo acelerado. Eles pretendiam estocar o produto, que é muito consumido no verão e no carnaval, para que não falte camarão nos estabelecimentos comerciais. Atualmente, os pescadores enfrentam uma realidade de trabalho difícil. Para retirar o produto pescado das embarcações, eles precisam alugar um trator que puxa