domingo, 30 de setembro de 2012

TSE libera Rosinha

O último obstáculo para a virtual reeleição da prefeita Rosinha parece não existir mais. A sempre antenada blogueira Gianna Barcelos informa em seu blog que o Ministro Marco Aurélio Mello deferiu a candidatura da prefeita.
Ainda resta a possibilidade de cassação do registro por conta da questão dos semáforos rosados, mas a esta altura do campeonato, seria até engraçado se isso acontecesse.
Eis o teor da nota encontrada no site do TSE :

"O ministro Marco Aurélio, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), proveu, neste domingo (30), recurso especial para restabelecer a decisão que implicou o registro das candidaturas de Rosinha Garotinho e Francisco Arthur de Souza Oliveira aos cargos de prefeito e vice do município de Campos dos Goytacazes (RJ).
De acordo com o ministro, o recurso especial mereceu conhecimento e provimento para assentar-se a ilegitimidade recursal, na origem, da Coligação Juntos Por Campos, tendo em vista que a coligação não impugnara os pedidos de candidaturas.
Em 23 de agosto, o Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) negou o registro de candidatura da prefeita de Campos dos Goytacazes, Rosinha Garotinho, com base na Lei Complementar nº 135/2010, a Lei da Ficha Limpa. Contra Rosinhapesaram duas decisões colegiadas, proferidas no próprio TRE-RJ. Por isso, o tribunal a considerou inelegível para as eleições deste ano.
Já no dia 24 de agosto, a ministra TSE Luciana Lóssio decidiu  que caberia ao juiz da 100ª Zona Eleitoral do Estado Rio de Janeiro, sediada em Campos dos Goytacazes, examinar as provas da ação de impugnação de mandato eletivo (Aime) ajuizada por Arnaldo França Viana contra a prefeita de Campos dos Goytacazes, Rosinha Garotinho (PR). Com essa decisão, foram anuladas a condenação da prefeita e de seu vice pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) por uso indevido dos meios de comunicação nas eleições de 2008 e a consequente cassação de seus mandatos eletivos."

Tudo indica que daqui a uma semana a situação esteja definida. 
Ou aguardemos para ver quais os próximos movimentos deste jogo de xadrez.
Sinceramente estou de saco cheio disso tudo. E mesmo entre os eleitores que não votam na prefeita, nos quais me incluo, desconfio que a maioria pensa a mesma coisa. 
Está na hora de advogados e juízes saírem um pouquinho de cena. Ou não??

De hoje em diante

UOL repercute polêmica dos semáforos em Campos



Extraída da página principal do UOL, um dos principais portais do país.

"A Promotoria Eleitoral de Campos dos Goytacazes, cidade do norte do Rio de Janeiro, pediu a cassação do registro da prefeita e candidata à reeleição, Rosinha Garotinho (PR) --mulher do ex-governador Anthony Garotinho (PR)--, por ela ter, segundo o MP, pintado na cor rosa sinais de trânsito em diversos pontos do município.
A ação ajuizada pelo Ministério Público inclui ainda o vice-prefeito, Francisco Artur Oliveira. Se a Justiça Eleitoral condenar os réus, a mulher de Garotinho não poderá assumir o mandato, ainda que seja vencedora no dia do pleito.
A pedido do MP, a 99ª Zona Eleitoral solicitou que os semáforos sejam repintados da cor original. Os responsáveis pela campanha da candidata do PR não foram localizados pela reportagem do UOL para comentar o assunto. A candidatura de Rosinha já foi impugnada pela Justiça Eleitoral. Ela recorre.
Na versão da promotoria, a ordem da pintura partiu da Emut (Empresa Municipal de Transportes), que também consta como representada, assim como seu presidente, Álvaro Henrique de Souza Oliveira, irmão do vice-prefeito.
De acordo com a ação, entre os dias 21 e 24 de setembro, elementos de sustentação de diversos semáforos situados nos principais cruzamentos da cidade foram pintados de "cor rosácea (...) semelhante à tonalidade utilizada como símbolo da campanha eleitoral dos dois primeiros representados”. Fotografias foram enviadas ao MP por fiscais da 100ª Zona Eleitoral.
"A similitude das cores, independentemente do nome que se lhes queira dar, salta aos olhos e está a revelar a utilização de bens públicos para a realização de propaganda eleitoral, ainda que disfarçada, dos dois primeiros representados. Até mesmo servidores da EMUT, bem como os seus equipamentos, foram utilizados para a consecução da malfadada pintura", afirma o MP.
O texto da representação destaca que a cor rosa é um dos principais signos da campanha de Rosinha e de seu vice, que concorrem à reeleição pela coligação "Campos de Todos Nós". No texto, a promotoria menciona que a cor está presente em adesivos, placas, microfone, automóvel, roupas, estética do sítio eletrônico, entre outros.
"Tudo é e deve ser rosáceo, ou no mínimo lembrar a referida tonalidade, para a fixação das pretensas candidaturas dos dois primeiros representados no imaginário popular e formar a convicção do eleitorado, como se infere do sítio eletrônico", destaca o MP.
Entre os argumentos defendidos pela promotoria está o fato de a pintura acontecer às vésperas da eleição e da mobilização denominada “Sábado Rosa”, marcada para o dia seguinte ao do início da pintura. Além disso, a Legislação de Trânsito Brasileira prevê que os elementos de sustentação devem ostentar cores neutras e foscas, diferente da opção atual feita pelo Executivo de Campos.
A promotoria ressalta ainda que a utilização de bens públicos para realização de propaganda eleitoral configura abuso de poder político, o que desequilibra a disputa eleitoral.
De acordo com a legislação, é proibido a agentes públicos ceder ou usar, em benefício de candidato, partido político ou coligação, bens móveis ou imóveis pertencentes à administração pública.

Barrada pela Ficha Limpa

No dia 23 de agosto, a candidatura de Rosinha Garotinho foi enquadrada na Lei da Ficha Limpa em função de duas condenações no TRE-RJ (Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro). As sentenças se referem ao mesmo caso: abuso de poder econômico nas eleições de 2008, decorrente do uso indevido de meios de comunicação.
A corte condenou a prefeita de Campos pelo episódio e a declarou inelegível por três anos (começando de 2008). Na condenação mais antiga, deferida em 2010, Rosinha e o marido, o ex-governador Anthony Garotinho, ficaram inelegíveis também por três anos.
A punição incluiu ainda a cassação do mandato referente à Prefeitura de Campos, mas ela conseguiu uma liminar no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e se manteve na gestão do município. Porém, como ainda não houve julgamento, ainda não há uma decisão em última instância."

Longa adaptado da obra "Meu Pé de Laranja Lima" comove público no Festival do Rio

Fabíola Ortiz
Do UOL, no Rio

O longa adaptado da obra “Meu Pé de Laranja Lima” escrito por José Mauro de Vasconcellos, ganha mais uma versão para o cinema de Marcos Bernstein e emocionou o público, na segunda noite (29), na mostra competitiva da Première Brasil do Festival de Cinema do Rio, no Cine Odeon.  
No elenco, José de Abreu vive o Manuel Valandarez, conhecido como “Portuga”, e contracena com o ator mirim João Guilherme Ávila, de 10 anos,(foto) que interpreta Zezé, de família pobre no interior de Minas Gerais.
Zezé é um espoleta e criativo menino que encontra um refúgio no seu pé de laranja lima para inventar suas histórias.
Em "Meu Pé de Laranja Lima", Zezé vive com sua família pobre no interior e seu esporte favorito é transformar sua casa e a vizinhança em cenário para suas traquinagens. Seu refúgio preferido é um pé de laranja-lima, com quem desabafa as coisas ruins e comemora uma boa novidade

Eike Batista quer comprar SBT


São dois os motivos que levam Eike Batista a pensar na compra do SBT. O primeiro é Rupert Murdoch. O magnata australiano procurou Eike recentemente propondo sociedade em uma empreitada televisiva no Brasil. O australiano ficaria com 30%. A segunda razão é Lula, hoje próximo de Eike. Lula o tem incentivado a pensar com carinho no negócio. Eike ainda não abordou o assunto com Silvio Santos.
Fonte: Radar on-line do Lauro Jardim


640 candidatos a prefeito correm o risco de ganhar e não levar



Matéria bem oportuna da edição de "O Globo" deste domingo:


"A uma semana do primeiro turno das eleições municipais, 640 candidatos a prefeito em 602 cidades podem ir para as urnas no próximo domingo ainda sem saber se poderão tomar posse caso sejam eleitos. Ou seja, podem até ganhar, mas correm o risco de não assumir o cargo. Isso acontece porque esses políticos estão com as candidaturas indeferidas ou cassadas, e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ainda não julgou os recursos. Até o momento, a Corte analisou 241 processos referentes a candidaturas ao Executivo, incluindo casos de concorrentes que tiveram o registro aprovado em instâncias anteriores e contestado por partidos adversários ou pelo Ministério Público Eleitoral (MPE).

No Rio, 32 candidatos em 26 cidades tiveram seus registros indeferidos ou cassados. É o segundo estado onde, proporcionalmente, há mais municípios com pelo menos um concorrente à prefeitura nesta situação. Há prefeitos no estado que concorrem à reeleição sem ter a certeza de que sua candidatura vai ser liberada. São os casos de Rachid Elmor (PDT), de Paty do Alferes, Rafael Miranda (PP), de Cachoeiras de Macacu, e Rosinha Garotinho (PR), de Campos dos Goytacazes. Também existem ex-prefeitos que tentam voltar ao cargo e aguardam recursos. Em Tanguá, o número de pendurados atinge metade dos aspirantes ao Executivo. Para tentar garantir a vaga, todos recorreram ao TSE.
— Infelizmente, a legislação admite que isso ocorra, o que só gera instabilidade e insegurança jurídica e institucional. Trata-se dos candidatos eleitos com pedido de registro sub judice, ou seja, aqueles cujos registros foram indeferidos, mas recorreram das decisões nos tribunais regionais eleitorais ou ao TSE. Assim, o candidato concorre com o registro de candidatura indeferido, porém à espera do julgamento de um recurso visando à reforma da decisão de indeferimento — explicou o coordenador do 5º Centro de Apoio Operacional das Promotorias Eleitorais do Rio, Rodrigo Molinaro Zacharias.
O fato de a candidatura não estar julgada até a eleição pode causar insegurança tanto para o candidato quanto para o eleitor. O político pode ter dificuldades de encontrar doadores, já que não há garantia de que ele terá o registro aprovado. E é ruim para o eleitor, que pode votar em um concorrente que, depois da eleição, corre o risco de ser considerado inapto. Com isso, o voto do eleitor no candidato é anulado.
De acordo com resolução do TSE, nenhum candidato com registro indeferido pode ser diplomado — ato em que a Justiça oficializa quem foi eleito —, mesmo que exista recurso. Caso isso ocorra e o candidato a prefeito mais votado não tiver a maioria absoluta dos votos válidos, o segundo colocado na eleição tomará posse. Essa situação vai perdurar até o julgamento final do registro do primeiro colocado. Entretanto, se o mais votado estiver com o registro indeferido e obtiver mais da metade dos votos válidos, será preciso convocar uma nova eleição. Até lá, o presidente da Câmara Municipal assumirá o cargo de prefeito interinamente. Ainda assim, existe a possibilidade de políticos eleitos, e ainda com o registro indeferido, sejam diplomados, amparados por liminares.
O TSE informou que os casos deverão ser julgados até o fim de dezembro, data das diplomações. Até agora, 5.223 recursos sobre registro chegaram à Corte. Pouco menos de um terço foi julgado. Cerca de 40% dos processos são sobre a Lei da Ficha Limpa.
— Muitos candidatos que deveriam ter recorrido ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ) perderam o prazo e entraram direto com recurso no TSE. Isso aconteceu em pelo menos 48 candidaturas do Rio — disse o presidente do TRE-RJ, desembargador Luiz Zveiter, explicando que isso sobrecarrega o TSE.
O PR é, proporcionalmente, o partido com o maior número de candidaturas a prefeito indeferidas. São 48 nessa situação entre os 703 políticos da sigla que concorrem ao Executivo.
— Às vésperas da eleição, o político desiste, e o partido indica outro. O eleitor não tem tempo de se informar. Ao digitar o número do candidato que renunciou, os eleitores verão a foto dele, já que os dados estão na urna. O cidadão vota em um e elege outro — explica Molinaro.
Essa constatação é corrente entre os membros do MPE, que defendem mudança na lei. Na tentativa de impedir que os partidos adotem essa prática, o procurador regional eleitoral do Rio, Maurício da Rocha Ribeiro, recomendou que as siglas não substituam os candidatos a menos de dez dias das eleições, sem justa causa, sob pena de caracterizar fraude eleitoral.
Há ainda 924 candidatos a prefeito que estão com o registro deferido, mas o MPE ou coligação adversária ainda contestam a decisão. Pode acontecer de o TSE mudar o entendimento das instâncias anteriores, e o político, que até então estava aprovado, fica impedido de assumir se eleito.
Apenas um dos três candidatos que disputam a prefeitura de Cachoeiras de Macacu teve a candidatura deferida, sem pendências judiciais. O atual prefeito, Rafael Miranda (PP), que tenta a reeleição, teve o registro negado pelo TRE e recorreu. O registro do ex-prefeito Cica Machado (PSC) foi aprovado, mas a coligação que apoia o prefeito tenta mudar a decisão.
— Cachoeiras de Macacu é uma cidade de interior, mas não é pequena. A eleição é muito disputada. A apuração parece final de Copa do Mundo. Tem telão na praça, e todos vibram a cada totalização dos votos. Há até brigas de torcida — explicou a juíza eleitoral da cidade, Carla Regina da Costa.
Procurado pelo GLOBO, Miranda não estava na prefeitura no horário de expediente e não retornou as ligações.
Na vizinha Tanguá, dos sete políticos que concorrem à prefeitura, quatro tiveram candidatura indeferida, sendo que apenas um deles não recorreu. Lá, os eleitores se dividem entre os descrentes da política e aqueles que valorizam a intenção de voto ao extremo.
— Outro dia, prenderam cabos eleitorais de um candidato a prefeito comprando votos por R$ 100. Não dá para jogar o voto fora. Sou a favor de quem tem ficha limpa — disse a estudante, Paola dos Santos, de 17 anos."


Caras e caras

Walnize Carvalho
 
Naquela manhã ensolarada de primavera (como estão belas as manhãs desta primavera!) saí em direção ao centro da cidade.
Embora assoberbada de compromissos, me dei o direito de transformar a pressa em uma caminhada matinal. Meu olhar andarilho seguia na frente.
Ao invés de me deter em fatos e pessoas, corri os olhos sobre cantos e recantos: na calçada, numa fresta do cimento, uma plantinha nascera displicentemente; mais adiante, um cacho de pé de bananeiras espiava a rua do alto de um muro; do outro lado da calçada, um casal de bem - te - vis saía do ninho (feito nos fios do poste) e cantava em uníssono...
Olhando para o chão, reparei que sob os pés de árvores floridas e exuberantes, florezinhas serviam de tapete para os transeuntes.
 Esquecida das horas e em estado de contentamento, passei a observar as residências: suas fachadas, cores das janelas e portas, jardins, varandas, grades e até muros. Detive-me a observá-las e percebi , que em sua maioria, estava estampada a cara do seu dono.
 Uma, de calçada varrida, janelas abertas, canteiro de flores pertencia a uma senhora sorridente, que cumprimentava os transeuntes trazendo nas mãos regador e vassoura.
 Outra , janelas fechadas, pintura gasta, plantas entrelaçadas na varanda escondiam sua verdadeira face. Nela residia um senhor solitário que, vez por outra, sai à rua. Anda cabisbaixo e não dirige palavra alguma aos que cruzam por ele.
Mais adiante, abria o portão uma jovem senhora de mãos dadas com a filha (menina brejeira, vestido florido e laços de fita no cabelo), deixava para trás a casa de grama bem cuidada e enfeitada com “Branca de Neve e os Sete Anões”.
Na sacada, plantinhas multicoloridas davam o tom de singeleza e harmonia.
 Logo a seguir, visualizei uma toda pintada em cores vibrantes, de onde se ouvia do seu interior, alguma música acompanhada pela voz de seu dono.
Em algumas, estampadas legendas do tipo - “Lar Doce Lar”, “Cantinho do Vovô” – demonstravam o espírito bem humorado de seus donos.
 Lá na frente, deparei com algumas etiquetadas: “Vende-se” ou “Aluga-se”. As varandas empoeiradas com luzes apagadas sinalizavam, que estavam à espera de moradores, que lhes dessem vida novamente...
 Apressei-me.
Cumpri o roteiro traçado e voltei para casa. E como – repito – toda casa tem a cara do dono, a minha também tem: acorda cedinho comigo, abre suas janelas deixando-me saudar o dia que nasce. E bem na entrada, como sentinela, há um arbusto verdinho conhecido como “Árvore da Felicidade”, que rego todos os dias, na esperança de que ela ( a felicidade) ali faça morada.

sábado, 29 de setembro de 2012

Sociedade Homenagem






Uma das entrevistas mais engraçadas do "Programa do Jô". Confesso que não assisto há muito tempo, mas esta noite, nos idos do ano 2000, foi impagável. Uma singela homenagem à maior apresentadora brasileira, Hebe Camargo. Na ocasião, comemorava-se os 50 anos da tv no Brasil, e foram convidadas junto com Hebe, a maravilhosa Nair Bello e Lolita Rodrigues.
O céu hoje está mais feliz.

Invenções acidentais


Forno Microondas
A ideia de usar microondas para cozinhar alimentos foi descoberta por Percy Spencer. Um dia estava trabalhando num aparelho de radar ativo quando observou uma sensação repentina e estranha, e viu que uma barra de chocolate que tinha no seu bolso tinha derretido. O primeiro alimento a ser cozinhado deliberadamente com microondas foram pipocas, e o segundo um ovo que explodiu na cara de um dos experimentadores.

Super Glue
Super Glue é uma das mais potentes colas instantâneas já fabricadas. Em 1942, o Dr. Harry Coover foi trabalhar para a Eastman Kodak. Seu trabalho consistia em encontrar um plástico que pudesse ser usado como uma clara alça. Coover ficou frustrado com o material que fez, chamado cianoacrilato, pois era muito pegajoso. Ele jogou todo o experimento fora. Anos depois descobriu que a cola ainda estava grudado no fundo da lata de lixo.

Borracha Vulcanizada
Em 1836, Charles Goodyear conseguiu um contato para fornecer sacos postais de borracha para o departamento de correios dos EUA. No entanto, havia um grande problema: os sacos de borracha produzidos por Goodyear eram muitos ruins. Após testes com dezenas de substâncias, Goodyear decidiu usar enxofre. Aqui foi a sorte: ao respingar uma parte da mistura de borracha e enxofre na chapa quente do fogão, ele notou que a borracha não fundia na madeira esperada e resolveu pesquisar a fundo as misturas com enxofre. Algum tempo depois, surgia a borracha vulcanizada.

Vidro de Segurança
É aquele tipo de vidro usado em carros e edifícios, que não se despedaçam ao levar um tiro, por exemplo. Um dia, o francês Edward Benedictus bateu em um balão de vidro de cima de uma prateleira. Quando foi juntar os cacos, ele percebeu que o balão estava quebrado, mas não tinha se despedaçado. Depois de falar a um de seus assessores sobre o incidente, ele descobriu que tinham aplicado nitrato de celulose no vidro, que agiu como um adesivo e o impediu de quebrar em pedaços.

Penicilina
A penicilina é um antibiótico natural e foi descoberta em 1928 quando Alexander Fleming saiu de férias e esqueceu algumas placas com culturas de microrganismos em seu laboratório, em Londres. Quando voltou reparou que uma das suas culturas de Staphylococcus tinham sido contaminadas por um bolor, e em volta das colônias deste não haviam mais bactérias. Então Fleming e seu colega, Dr. Pryce, descobriram um fungo do gênero Penicillium, e demostraram que o fungo produzia uma substância responsável pelo efeito bactericida, a penicilina. Essa foi uma das maiores descobertas na área da medicina.

Morreu Hebe Camargo


A apresentadora Hebe Camargo morreu aos 83 anos na madrugada deste sábado (29). Ela sofreu uma parada cardíaca, enquanto dormia. Hebe travava uma luta contra o câncer desde 2010. Na mitologia grega, seu nome significa Deusa da Juventude.

Acidente em Caxeta mata 5 pessoas

Do site Ururau:


Cinco pessoas morreram em um grave acidente registrado na madrugada deste sábado (29/09), na Km 92 da rodovia BR -101, altura da localidade de Caxeta, em Campos. A colisão envolveu um carro de passeio e um caminhão carregado de tijolos. As vítimas, três mulheres e dois homens, ainda não foram identificadas.

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente aconteceu por volta das 4h30, quando o Gol de cor azul, placa MSJ-1033 (Campos/RJ), que seguia no sentido Campos, teria batido na lateral dianteira do caminhão placa RMS-6442 (Campos/RJ), que seguia sentido contrário.


















Com o impacto da colisão, o carro de passeio ficou completamente destruído. Quatro vítimas, dois homens e duas mulheres, morreram na hora e uma terceira mulher, que chegou a ser socorrida pela Autopista Fluminense, não resistiu e morreu a caminho do Hospital Ferreira Machado (HFM).  

O motorista do caminhão, identificado como Wilson de Freitas, de 39 anos, saiu ileso. Segundo seu filho, ele seguia para Cabo Frio, na região dos Lagos, onde deixaria a carga de tijolo, quando o caminhão foi atingido pelo Gol. Wilson perdeu o controle da direção e o caminhão acabou caindo numa ribanceira.


No local da colisão, o trânsito chegou a ficar em meia pista e funcionou no sistema siga e pare, mas já foi liberado.

Os corpos das vítimas foram removidos para o Instituto Médico Legal (IML) de Campos, onde aguardam reconhecimento de familiares.

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Nem sei se adianta muito aqui em Campos, mas ....


Debate na Record Campos

A TV Record com sede em Campos, realiza neste sábado, dia 29, às 13h30 o debate entre os candidatos à prefeitura de Macaé. Já na segunda-feira será a vez dos candidatos à prefeitura de Campos disputarem o voto do eleitor, às 23h15.  A emissora já definiu o modelo, com os debates divididos em quatro blocos, com rodadas de perguntas. O último bloco do programa vai ser destinado basicamente para as considerações finais.

Programação do FESQ em Cabo Frio




SELECIONADOS FESQ X de 02 a 06 de outubro de 2012
(em ordem de apresentação/ horário de passagem de som e luz no mesmo dia no palco)

02 de outubro – Terça Feira: 

“Cacilda”
Intervalo Cia de Teatro (RJ) – Ensaio 14h

“Acorda, Amor”
Grupo Quatro mãos (RJ) – Ensaio 14:30h (suplente classificado)

“Os Métodos de Ensino de Dona Margarida”
Cia Nós da Baixada (Nova Iguaçu/RJ) - Ensaio 15h

--------

“Sobre Discos e Outras Sutilidades”
Grupo PataPHísicos (RJ) - Ensaio 15:30h

“Da Arte de Navegar na Luz”
Grupo Jiddu Saldanha (Cabo Frio/RJ) - Ensaio 16h

“O Depoimento da Mulher Morta”
Grupo O Coletivo Delirante (Macaé/RJ) - Ensaio 16:30h

“Mulher Perfeita”
Grupo Os Despretensiosos (Niterói/RJ) - Ensaio 17h



03 de outubro – Quarta Feira: 

“Residência no Redemoinho”
Grupo Teatro Trupiniquim (RJ) - Ensaio 14h

“Bonitinha, Mas Ordinárias”
Cia de Quatro (RJ) - Ensaio 14:30h

“Entre o Amor e a Espada”
Bubuia Cia de Teatro (RJ) - Ensaio 15h

--------------

“Cidade Solidão”
Multifoco Cia de Teatro (RJ) - Ensaio 15:30h

“Licença, Machado”
Os Inomináveis CIA de teatro (RJ) - Ensaio 16h

“Quase”
Cia Código de Artes Cênicas (Japeri/RJ) - Ensaio 16:30h

“O Caçador”
Cia Reprises (SP) - Ensaio 17h



04 de outubro – Quinta Feira: 

 “ Cicatriz na Maçã”
Grupo Maria Angélica Urbano (Mogi Guaçu/SP) - Ensaio 14h

“O Dote ou Veneno Colorido”
Grupo Limiar de Teatro (RJ) - Ensaio 14:30h

“Segredo: A Lágrima do Palhaço”
Grupo Atos e Cia Expressart (Nilópolis/RJ) - Ensaio 15h

------------------

“Acordados”
Grupo Lacuna (RJ) - Ensaio 15:30h

“O Leitor”
Cortejo, Teatro em Cia (Três Rios/RJ) - Ensaio 16h

“Notas de Batom”
Cia. Crônica de teatro (Belo Horizonte/MG) - Ensaio 16:30h

“Firmes Destilados”
Grupo Arande Coletivo de Atores (Campinas/SP) - Ensaio 17h



05 de outubro – Sexta Feira: 

 “O Circo Voador”
Grupo os Bruxos da Corte (SC) - Ensaio 14h

“Às Crianças Mortas”
Cia de solo (RJ) - Ensaio 14:30h

“Morto, Logo Existo!”
Cia Movimento Mínimo (Londrina/PR) - Ensaio 15h

-------------

“Dois Pontos”
 Grupo de Botas (RJ) - Ensaio 15:30h

“Horácio Conta Hamlet”
Grupo TARJa (RJ) - Ensaio 16h

“Como Descascar Cebolas Sem Chorar”
Cia Cafundó (Juiz de Fora/MG) - Ensaio 16:30h

“Milho aos Pombos”
Grupo Três de Paus (RJ) - Ensaio 17h




SUPLENTES  (poderão ser convocados na seguinte ordem):


“Por Uns ‘Real’ a Mais”
Grupo Surgiu na hora (Nilópolis/RJ)

“Falar de Vinicius é Falar de Amor”
Grupo Reações Cênicas (RJ)

“Entre paredes de Santa Clara”
Grupo Risco Teatral (São Pedro da Aldeia/RJ)

“Guerra dos Sexos”
Grupo Saber com Arte (Cabo Frio/RJ)

Fim de semana chegando...

Eduardo Martini em “O Filho da Mãe” neste sábado no Trianon

O humorista Eduardo Martini apresenta, neste sábado (29/09), às 21h, a comédia “O Filho da Mãe”, na qual retrata o dia a dia de uma publicitária que mora com seu filho, vivido pelo ator Bruno Lopes. O espetáculo está em cartaz no Teatro Vannucci, no Shopping da Gavea, obtendo ótimos comentários da crítica especializada e passa por Campos, trazendo alegria aos campistas. Os ingressos custam R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia). A peça tem texto de Regiana Antonini, A classificação indicativa é de 12 anos.
 
Do:Ururau Redação/Ascom

Romance que tenta desvendar morte de Marilyn Monroe será adaptado para o cinema

Do UOL, em São Paulo

  O livro "The Empty Glass", que conta a história de um legista que investiga a verdade por trás da morte de Marilyn Monroe será adaptado para as telas, informou o site The Hollywood Reporter. O roteiro será escrito pelo próprio autor do livro, J.I. Baker e o longa será produzido pela Winkler Films. "'The Empty Glass é como um roteiro de Billy Wilder. Tem suspense, ação e drama que irá chamar a atenção de ótimos diretores, e um diálogo rico que irá atrair grandes atores", disse o produtor David Winkler. Atualmente, a Winkler Films está produzindo o filme "The Wolf of Wall Street", que é dirigido por Martin Scorsese e estrelado por Leonardo DiCaprio e que deve estrear em 2013.

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

"Doces Poderes"


O cinema nacional estará representado no Cine Jornalismo AIC no próximo sábado (29 de setembro), com o filme “Doces Poderes”, lançado em 1997. A exibição acontece às 16h, na sede da entidade, com entrada franca. Após o filme, haverá um bate-papo entre os participantes, tendo como moderadora a jornalista Claudia Alcântara, editora do jornal online Terceira Via. 

Sob direção de Lucia Murat, o filme mostra a jornalista Bia (Marisa Orth) chegando a Brasília para assumir, durante o período eleitoral, a chefia da sucursal da principal rede de TV do país. O antigo diretor está deixando o cargo para chefiar a campanha de um jovem candidato a governador, que é apoiado por políticos conservadores. 

Metade dos profissionais da sucursal também está deixando o local, pelos mais variados motivos, entre eles, a crise econômica pela qual passa o país e a falta de perspectiva do fim do século. Através dos discursos dos funcionários que estão deixando a sucursal é exibido o desenvolvimento das campanhas e os conflitos vividos pelos personagens.

O Cine Jornalismo AIC acontece mensalmente e sempre no último sábado, de março a novembro. A programação seguirá com “Jejum de Amor” (27 de outubro) e “O tempo é uma ilusão” (24 de novembro), que serão comentados por Talita Barros e Katiana Rodrigues, respectivamente. A AIC fica na Rua Tenente Coronel Cardoso, 460, Centro, Campos.

Cidade Negra e muito teatro no SESI Cultural de outubro


Assassinato na Rua do Gás





Há cerca de meia hora, na Rua do Gás, pouco depois da Avenida Princesa Isabel, um rapaz chamado Tiago foi assassinado friamente. No primeiro momento, boatos davam conta de que poderia ser um candidato a vereador, o que não se confirmou. 
O trânsito está interrompido no local. 

Atualização às 16:37: Segundo testemunhas, Tiago foi assassinado com mais de 8 tiros. Parece que há um candidato a vereador chamado Tiago Sales, mas não se trata dele. 

Atualização às 17:03: Tiago de Freitas Assad é o nome do rapaz assassinado. Ele morava na Rua Miguel Herédia, na Lapa. Familiares foram para o local assim que souberam do ocorrido. O crime aconteceu na frente da esposa e um filho. Thiago dirigia um Gol Branco, placa CSM-2689.

Atualização às 17:28: O site Ururau informa que o nome da vítima é Thiago de Freitas Andrade, de 25 anos. Já o site Campos 24 horas diz que é Thiago de Freitas Assad e que ele tinha 29 anos. O carro onde Thiago estava com a esposa e o filho foi atingido por pelo menos oito disparos efetuados por um homem, não identificado, em um veículo Ágile, de cor preta e placa não anotada


Bela iniciativa


"Bola fora"


Tremenda "bola fora"da Revista Placar, publicação especializada em futebol.
Falta de respeito das grandes!!!

Reflexão de Afonso Romano para o "Dia do Idoso"

Envelhecer com mel ou fel?
por Affonso Romano de Sant'anna

Conheço muitas pessoas que estão envelhecendo mal. Desconfortavelmente. Com uma infelicidade crua na alma. Estão ficando velhas, mas não estão ficando sábias. Um rancor cobre-lhes a pele, a escrita e o gesto. São críticos azedos, aliás estão ficando cítricos sem nenhuma doçura nas palavras. Estão amargos. Com fel nos olhos.
E alguns desses, no entanto, teriam tudo para ser o contrário : aparentemente tiveram sucesso em suas atividades. Maior até do que mereciam. Portanto a gente pensa : o que querem? Por que essa bílis ao telefone e nos bares ? Por que esse resmungo pelos cantos e esse sarcasmo que se pensa humor ? Isto está errado. Errado, não porque esteja simplesmente errado, mas porque tais pessoas vivem numa infelicidade abstrusa.
E, ademais, deveria-se envelhecer maciamente. Nunca aos solavancos. Nunca aos trancos e barrancos. Nunca como alguém caindo num abismo e se agarrando nos galhos e pedras, olhando enquanto despenca. Jamais também, como quem está se afogando, se asfixiando ou morrendo numa câmara de gás.
Envelhecer deveria ser como plainar. Como quem não sofre mais (tanto), com os inevitáveis atritos. Assim como a nave que sai do desgaste da atmosfera e vai entrando noutro astral, e vai silente, e vai gastando nenhum-quase combustivel, flutuando como uma caravela no mar ou uma cápsula no cosmos. Os elefantes, por exemplo, envelhecem bem. E olha que é uma tarefa enorme. Não se queixam do peso dos anos, e nem da ruga do tempo, e , quando percebem a hora da morte, caminham pausadamente para um certo lugar - o cemitério dos elefantes, e aí morrem, completamente, com a grandeza existencial só aos sábios permitida.
Os vinhos envelhecem melhor ainda. Ficam ali nos limites de sua garrafa, na espessura de seu sabor, na adega do prazer. E vão envelhecendo e ganhando vida, envelhecendo e sendo amados, e, porque velhos, desejados. Os vinhos envelhecem densamente. E dão prazer.
O problema da velhice também se dá com certos instrumentos. Não me refiro aos que enferrujam pelos cantos, mas a um envelhecimento atuante como o da faca. Nela o corte diário dos dias a vai consumindo. E no entanto, ela continua afiadíssima, encaixando-se nas mãos da cozinheira como nenhuma outra faca nova. Vai ver, a natureza deveria ter feito os homens envelhecerem diferente. Como as facas, digamos, por desgaste, sim, mas nunca desgastante. Seria uma suave solução: a gente devia ir se gastando, se gastando, se gastando até se evaporar. E aí iam perguntar: cadê fulano? E alguém diria: gastou-se foi vivendo, vivendo, e acabou. Acabou, é claro, sem nenhum gemido ou resmungo.
Isto seria muito diferente de ir envelhecendo por um processo de humilhações sucessivas, como essa coisa de ir deixando rins, pulmões, dentes e intestinos pelas mesas de cirurgia, numa mutiladora dispersão. Acho que o que atrapalha alguns maus envelhecedores é a desmesurada projeção que fizeram de si mesmos. Se dimensionaram equivocadamente. Deveria ser proibido, por algum mecanismo biológico, colocarmos metas acima de nossas forças.
Seria a única solução de acabar com a fábula da raposa e as uvas. Assim a raposa não envelheceria resmungando por não ter devorado o que não lhe pertencia. Deveria, portanto, haver um relais, que desligasse nossos impulsos toda vez que quiséssemos saltar obstáculos para os quais não temos músculos. Assim sofreríamos menos e não amargaríamos não ter tido certas mulheres, conquistado certos reinos, escrito certas obras primas.
A literatura tem lá seus personagens-símbolos a esse respeito: o Fausto e Dorian Gray. Apavorados com a velhice e a morte, venderam a alma ao diabo, e em troca pediram a juventude de volta. Não deu certo. O diabo não joga para perder. Dizem que a única vez que foi realmente derrotado foi naquela disputa com o próprio Deus a respeito de Jó. Mesmo assim, deu um trabalho danado.
Especialistas vão dizer que envelhece mal o indivíduo que não realizou suas pulsões eróticas assenciais; que deixou coagulada ou oculta uma grande parte de seus desejos. Isto é verdade. Parcial porém. Pois não se sabe por que estranhos caminhos de sublimação, há pessoas que, embora roxas de levar tanta pancada da vida, têm, contudo, um arco-íris na alma.
Bilac dizia que a gente deveria aprender a envelhecer com as velhas árvores. Walt Whitman tem um poema onde vai dizendo: " Penso que podia viver com os animais que são plácidos e bastam-se a si mesmos".
Ainda agora tirei os olhos do papel e olhei a natureza em torno. Nunca vi o sol se queixar no entardecer. Nem a lua chorar quando amanhece.

Museu alemão recria história da humanidade com 1,5 milhão de peças lego

O artista Rene Hoffmeister mostra a reprodução que fez de um anfiteatro grego para a exposição "Viagem ao Tempo de Lego", do museu Helms de Hamburgo, Alemanha

EFE

O museu arqueológico Helms, na cidade alemã de Hamburgo, recria a a história da humanidade em uma exposição com o uso de 1,5 milhão de peças lego, que está sendo exibida desde quarta-feira (26).
A mostra, intitulada "Viagem Pelo Tempo de Lego", ilustra ao longo de 30 metros doze ambientes, que vão desde uma aldeia neandertal até uma estação espacial, passando pela Roma antiga, com seus moradores e gladiadores, todos feitos de lego.
Para construir os ambientes, que já puderam ser vistos anteriormente no Museu Neandertal de Mettmann, foram gastos cinco meses na montagem das peças.
A exposição, que sucede a bem-sucedida mostra sobre a Idade do Gelo, reproduz com detalhes cenários da história da humanidade.
O visitante pode ver homens pré-históricos caçando um mamute, gladiadores lutando na areia e colonos americanos guiando seus rebanhos pelas planícies.
Entre as diversas maquetes, figuram paisagens como os Jardins Suspensos de Babilônia, a Grande Pirâmide de Gizé e a Grande Muralha chinesa, assim como modelos de navios vikings, castelos da Idade Média e naves espaciais.
A exposição é complementada com objetos originais da coleção do museu arqueológico, como um machado de pedra de um caçador de mamute, tabuletas cuneiformes de Mesopotâmia, cerâmica do Egito dos faraós e flechas de índios da América do Norte.

E vamos levando...



Arte: Néo Correia

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Fim da greve dos bancários


Os bancários de todo o país decidiram em assembleias na noite desta quarta-feira ontem encerrar a greve e retornar ao trabalho já a partir de amanhã. De acordo com a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) a maioria dos 137 sindicatos da categoria aprovou a proposta da Federação Nacional de Bancos (Fenaban). Apenas os empregados da Caixa Econômica Federal (CEF) haviam rejeitado a proposta e indicavam a continuidade da greve.
Os bancários que aceitaram a proposta terão aumento de 8,5% para o piso salarial, que passa de R$ 1.900 para R$ 2.056,89 e de 7,5% para os demais salários. A proposta também reajusta o valor da participação nos lucros e resultados em 10% e aumenta o vale alimentação, que passa de R$ 339,08 para R$ 367,92, e o vale-refeição, de R$ 19,78 para R$ 21,46 por dia.
Em nove dias a paralisação dos bancários atingiu mais de 9 mil postos de trabalho, de acordo com a Contraf-CUT. No sétimo dia de greve, auge do movimento, 9.386 agências e centros administrativos foram fechados, o que representou 43,2% dos 21.713 postos de trabalho em todo o país.

Fonte : O Globo


Festival de Esquetes de Cabo Frio a partir do dia 02



Um dos grandes diferencias do FESQ (Festival de Esquetes de Cabo Frio) sempre foi a constante troca de experiências entre os grupos, artistas, produtores e público do festival e a principal forma de intercâmbio artístico são as oficinas.
Para a décima edição a população de Cabo Frio terá a oportunidade de participar, de forma gratuita, de oficinas que abrangem os mais variados segmentos artísticos.
A atriz mineira Mariana Jacques, que já venceu o prêmio de Melhor Atriz no 7º FESQ, oferecerá a oficina de Solo Narrativo, que busca explorar as potencialidades do corpo do ator.
A artista plástica e circense Maria Paula Tavares ministrará a oficina de Técnicas Circenses, com foco em lira, trapézio e tecido. Maria Paula é uma companheira de longo prazo do FESQ, participando do festival desde sua primeira edição.
O figurinista e cenógrafo carioca Ton Brício, que já concorreu por diversas vezes em edições anteriores do FESQ e foi vencedor da edição do ano passado na categoria Figurino, desenvolve a oficina na mesma área , com o objetivo de apresentar técnicas básicas de composição e uso de materiais.
Já os dançarinos Werlem Rodrigues e Liana Mendes, do Espaço Cultural Nossa Arte, de Cabo Frio, apresentarão noções básicas de ritmos como bolero, samba, tango, forró e zouk em uma oficina de Dança de Salão.
As oficinas são gratuitas, basta que os interessados enviem um e-mail para fesq@fesq.com.br, indicando a oficina que interessa, além do nome completo, data de nascimento e telefone para contato. Todas as oficinas ocorrerão de 3 à 6 de outubro, de 9h à 12h, no Teatro Municipal de Cabo Frio. Mais informações pelo telefone (22) 9985-0751 ou pelo site www.fesq.com.br

Charge do dia- Mário Alberto


Boa pedida!!!


No SESI

BANDA CÂNTARUS
Canta Barão e Cazuza
Com um repertório que retrata o melhor de Cazuza e do Barão Vermelho a banda promete um grande show, repleto de sucessos que marcaram a história do rock nacional.
  Data e hora: 28/9 às 20h
Ingressos: R$ 20,00
Classificação: 16 anos
  Ficha técnica: Violão e voz: Fabrício Chaves Violão, baixo e voz: Fábio Neves Bateria e voz: Flávio das Neves

SESI Campos de Goytacazes
Av. Deputado Bartolomeu Lysandro, 862
 - Guarus - Campos
Cep: 28.080-390
                                                 Telefone.: 0800 0231 231 | 4002-0231

Do aniversariante do dia:

...Luís Fernando Veríssimo:
                                                              A PRINCESA E A RÃ
Era uma vez... numa terra muito distante...uma princesa linda, independente e cheia de auto-estima. Ela se deparou com uma rã enquanto contemplava a natureza e pensava em como o maravilhoso lago do seu castelo era relaxante e ecológico... Então, a rã pulou para o seu colo e disse: linda princesa, eu já fui um príncipe muito bonito. Uma bruxa má lançou-me um encanto e transformei-me nesta rã asquerosa. Um beijo teu, no entanto, há de me transformar de novo num belo príncipe e poderemos casar e constituir lar feliz no teu lindo castelo. A tua mãe poderia vir morar conosco e tu poderias preparar o meu jantar, lavar as minhas roupas, criar os nossos filhos e seríamos felizes para sempre... Naquela noite, enquanto saboreava pernas de rã sautée, acompanhadas de um cremoso molho acebolado e de um finíssimo vinho branco, a princesa sorria, pensando consigo mesma: - Eu, hein?... nem morta!

terça-feira, 25 de setembro de 2012

A gente vai levando?

Esta noite, depois de um longo e tenebroso inverno fui a um comício aqui pertinho de casa. Minha esposa me chamou de doido, ainda mais que o comício em questão era do candidato (ou candidata) cuja a forma de fazer política é a que menos se identifica com o que penso. Mas como desde moleque sempre gostei dessas coisas, não poderia terminar este processo eleitoral sem "prestigiar" e observar mais de perto esse "show". De horrores. 
Primeiramente quero explicar que há pouco tempo fui convocado pela Justiça Eleitoral para trabalhar no pleito de 07 de outubro, motivo que me levou a evitar tecer maiores comentários sobre o assunto aqui no Sociedade. Mas como não citei e nem citarei nomes nesta pequena postagem, sem problemas.
Primeiramente, e principalmente, fiquei assustado e desanimado com o nível dos candidatos a vereador que usaram da palavra para apresentarem suas ideias. Deus meu!!! Não à toa, há muitos anos o que observamos é uma Câmara conivente e totalmente dependente do grupo que estiver governando. Se o grupo "A" perder a eleição, sem problemas. Pula-se do barco e na maior cara de pau, embarca-se no navio "B". E por aí vai. Nada é complicado para eles. Nessas eleições, não será diferente. Só será mais fácil para estes vereadores, pois tudo indica que não haverá mudanças radicais. Também vem daí meu desânimo. Não sou daqueles que considera que todo político é ladrão e corrupto. Mas tenho plena consciência que aqui em nossa cidade a maioria dos que buscam uma vaga na Câmara não pensa no bem coletivo. Pelo contrário. Ouve-se e fala-se muito de candidatos que gastaram muito e mal antes da hora, e agora, a 12 dias da eleição, estão desesperados com a possibilidade de não serem eleitos. Chegam até a aventar a hipótese de mudar de lado. Ou são "convocados" pelas lideranças  para prestarem esclarecimentos. Sinceramente quero muito que candidatos assim não consigam seu intuito. Além do que, é muito triste viver numa cidade onde pessoas, inclusive algumas com quem convivi durante algum tempo de minha vida, se sujeitam a qualquer tipo de coisa para elegerem gente desta estirpe. Gente que joga sujo, que oferece "facilidades", que promete o que não pode cumprir.... Ouve-se e fala-se muito. Muito mesmo. Nestes derradeiros dias, recomendo a todos que estiverem envolvidos nessa confusão toda, muita prudência. Falem menos.
Hoje o TRE decidiu barrar um dos candidatos. E pelo que eu "ouvi" nesta noite, na próxima quinta sai a decisão mais aguardada de todas, sobre uma outra candidatura, sendo que aí é o TSE que vai entrar em cena. Ou para ser mais preciso, o Ministro Marco Aurélio Mello, o rei das sentenças polêmicas. Seja o que Deus quiser!!
Bateu o sono e a realidade vem à tona. Não adianta escrever muita coisa aqui. Minha sábia mulher sempre me diz isso. Funciona apenas como um desabafo pessoal, mas pouco adianta.  Deve ser por isso que outros blogueiros sumiram do mapa. Saudades de Ricardo André... Só sei que depois desta noite, diante de tudo que vi e ouvi, me convenci mais ainda que cada povo tem o governo e os vereadores que merecem. E em se tratando de Campos, isso me dá cada vez mais calafrios. 

E no mais, deixo a poesia de Chico Buarque em "Vai levando"




Mesmo com toda a fama, com toda a brahma
Com toda a cama, com toda a lama
A gente vai levando, a gente vai levando, a gente vai levando
A gente vai levando essa chama
Mesmo com todo o emblema, todo o problema
Todo o sistema, todo Ipanema
A gente vai levando, a gente vai levando, a gente vai levando
A gente vai levando essa gema
Mesmo com o nada feito, com a sala escura
Com um nó no peito, com a cara dura
Não tem mais jeito, a gente não tem cura
Mesmo com o todavia, com todo dia
Com todo ia, todo não ia
A gente vai levando, a gente vai levando, a gente vai levando
A gente vai levando essa guia
Mesmo com todo rock, com todo pop
Com todo estoque, com todo Ibope
A gente vai levando, a gente vai levando, a gente vai levando
A gente vai levando esse toque
Mesmo com toda sanha, toda façanha
Toda picanha, toda campanha
A gente vai levando, a gente vai levando, a gente vai levando
A gente vai levando essa manha
Mesmo com toda estima, com toda esgrima
Com todo clima, com tudo em cima
A gente vai levando, a gente vai levando, a gente vai levando
A gente vai levando essa rima
Mesmo com toda cédula, com toda célula
Com toda súmula, com toda sílaba
A gente vai levando, a gente vai tocando, a gente vai tomando, a gente vai dourando essa pílula !

TRE barra Arnaldo

O candidato do PDT, Arnaldo Viana, teve o registro de sua candidatura à prefeito de Campos negado pelo TRE-RJ. Agora é com o TSE, que, espera-se, decida o quanto antes a situação de Arnaldo e da atual prefeita, Rosinha Garotinho, que enfrentou o mesmo problema no TRE.
Faltam 12 dias para as eleições. Tomara que até lá tenhamos alguma resposta.

E por falar no Poetinha...

São Demais Os Perigos Desta Vida
 
Vinicius de Moraes
 
São demais os perigos desta vida
Pra quem tem paixão principalmente
 Quando uma lua chega de repente
E se deixa no céu, como esquecida
E se ao luar que atua desvairado
 Vem se unir uma música qualquer
 Aí então é preciso ter cuidado Porque deve andar perto uma mulher
Deve andar perto uma mulher que é feita
De música, luar e sentimento
 E que a vida não quer de tão perfeita
  Uma mulher que é como a própria lua:
 Tão linda que só espalha sofrimento
 Tão cheia de pudor que vive nua

Sabia que nesta data...

 
 
...1956,Vinícius de Morais resolveu montar a peça Orfeu da Conceição paralelamente à sua filmagem, dirigida por Marcel Camus? E mais...Orfeu da Conceição é uma adaptação em forma de peça musical do mito grego de Orfeu transposto à realidade das favelas cariocas. A obra marca o encontro artístico do autor Vinicius de Moraes com Antonio Carlos Jobim que musicou todo espetáculo. O espetáculo estreou no Teatro Municipal do Rio de Janeiro em 25 de setembro de 1956 [ com cenários de Oscar Niemeyer. Encenado pelo Teatro Experimental do Negro de Abdias Nascimento e foi a primeira vez que um elenco de atores negros ocupava o mais famoso teatro brasileiro.

Em um dia como hoje

No dia 25 de setembro do ano de 1926, foi inaugurado o Cinema Capitólio, com o filme “A Viúva Alegre. O Capitólio ficou conhecido em Campos por exibição de filmes pornográficos e já não existe mais.

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Jornalismo científico na UENF


As inscrições para o II Simpósio Nacional de Jornalismo Científico, incluindo submissão de resumos, estão abertas durante todo o mês de setembro, até 30/09/12. Organizado pela UENF com apoio da Faperj, o evento se realizará nos dias 28 e 29/11/12, no Centro de Convenções da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, em Campos dos Goytacazes (RJ). Os interessados devem fazer sua pré-inscrição no endereço no site do evento, onde estão disponíveis informações sobre o Simpósio e sobre a cidade de Campos dos Goytacazes (RJ).