domingo, 30 de setembro de 2012

TSE libera Rosinha

O último obstáculo para a virtual reeleição da prefeita Rosinha parece não existir mais. A sempre antenada blogueira Gianna Barcelos informa em seu blog que o Ministro Marco Aurélio Mello deferiu a candidatura da prefeita.
Ainda resta a possibilidade de cassação do registro por conta da questão dos semáforos rosados, mas a esta altura do campeonato, seria até engraçado se isso acontecesse.
Eis o teor da nota encontrada no site do TSE :

"O ministro Marco Aurélio, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), proveu, neste domingo (30), recurso especial para restabelecer a decisão que implicou o registro das candidaturas de Rosinha Garotinho e Francisco Arthur de Souza Oliveira aos cargos de prefeito e vice do município de Campos dos Goytacazes (RJ).
De acordo com o ministro, o recurso especial mereceu conhecimento e provimento para assentar-se a ilegitimidade recursal, na origem, da Coligação Juntos Por Campos, tendo em vista que a coligação não impugnara os pedidos de candidaturas.
Em 23 de agosto, o Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) negou o registro de candidatura da prefeita de Campos dos Goytacazes, Rosinha Garotinho, com base na Lei Complementar nº 135/2010, a Lei da Ficha Limpa. Contra Rosinhapesaram duas decisões colegiadas, proferidas no próprio TRE-RJ. Por isso, o tribunal a considerou inelegível para as eleições deste ano.
Já no dia 24 de agosto, a ministra TSE Luciana Lóssio decidiu  que caberia ao juiz da 100ª Zona Eleitoral do Estado Rio de Janeiro, sediada em Campos dos Goytacazes, examinar as provas da ação de impugnação de mandato eletivo (Aime) ajuizada por Arnaldo França Viana contra a prefeita de Campos dos Goytacazes, Rosinha Garotinho (PR). Com essa decisão, foram anuladas a condenação da prefeita e de seu vice pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) por uso indevido dos meios de comunicação nas eleições de 2008 e a consequente cassação de seus mandatos eletivos."

Tudo indica que daqui a uma semana a situação esteja definida. 
Ou aguardemos para ver quais os próximos movimentos deste jogo de xadrez.
Sinceramente estou de saco cheio disso tudo. E mesmo entre os eleitores que não votam na prefeita, nos quais me incluo, desconfio que a maioria pensa a mesma coisa. 
Está na hora de advogados e juízes saírem um pouquinho de cena. Ou não??

Um comentário:

Ana Paula Motta disse...

Sinceramente não, porque quando a lei não é cumprida os responsáveis devem ser punidos e aqui em Campos, para nossa infelicidade, a ilegalidade anda solta. O que lamento é essa avalanche de recursos que só beneficiam esses maus políticos que tratam essa cidade como quintal.