quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Fim da greve dos bancários


Os bancários de todo o país decidiram em assembleias na noite desta quarta-feira ontem encerrar a greve e retornar ao trabalho já a partir de amanhã. De acordo com a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) a maioria dos 137 sindicatos da categoria aprovou a proposta da Federação Nacional de Bancos (Fenaban). Apenas os empregados da Caixa Econômica Federal (CEF) haviam rejeitado a proposta e indicavam a continuidade da greve.
Os bancários que aceitaram a proposta terão aumento de 8,5% para o piso salarial, que passa de R$ 1.900 para R$ 2.056,89 e de 7,5% para os demais salários. A proposta também reajusta o valor da participação nos lucros e resultados em 10% e aumenta o vale alimentação, que passa de R$ 339,08 para R$ 367,92, e o vale-refeição, de R$ 19,78 para R$ 21,46 por dia.
Em nove dias a paralisação dos bancários atingiu mais de 9 mil postos de trabalho, de acordo com a Contraf-CUT. No sétimo dia de greve, auge do movimento, 9.386 agências e centros administrativos foram fechados, o que representou 43,2% dos 21.713 postos de trabalho em todo o país.

Fonte : O Globo


Nenhum comentário: