sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Mais um caso de agressão a professor




A lamentável cena acima ocorreu no Colégio Santa Cecília, em Santos (SP). Devido a uma discordância por causa da nota de um trabalho, um aluno de 15 anos e uma professora de Inglês protagonizaram uma briga dentro da sala de aula. O aluno agrediu a professora e um dos colegas gravou o incidente. As cenas, logicamente, foram parar na Internet.
O aluno admite que errou ao pegar o diário de classe e apagar as notas dos trabalhos, mas alega ter sido agredido pela professora. Nas cenas, ele fica descontrolado e precisa ser contido pelos colegas. O advogado da família diz que "o aluno está abalado e que estão sendo estudadas possibilidades de entrar com processo judicial contra a professora e contra a escola". A professora não quis comentar o caso.
Por meio de nota, o Colégio Santa Cecília respondeu que, "sempre comprometida em agir com justiça, a escola abriu procedimento disciplinar interno para apurar as responsabilidades, garantindo aos envolvidos o direito ao contraditório e da ampla defesa. Após apresentação das manifestações, a escola decidirá sobre as eventuais penalidades a serem aplicadas.
A nota ainda afirma que "os envolvidos estão afastados, aguardando o resultado da apuração. Conhecemos a trajetória e o comportamento da professora, que sempre mereceu nosso respeito, e o histórico do aluno, assim como as versões dos que estavam presentes."
De tudo que foi visto e lido, só resta lamentar que cenas assim tem se tornado cada vez mais frequentes em nossas escolas. Tenho saudades da época em que professores eram valorizados e não humilhados, sejam por alunos despreparados psicologicamente, sejam pelos nossos governantes, que oferecem condições de trabalho e salários vergonhosos para nossos mestres.

Dica do site Yahoo.

Nenhum comentário: