domingo, 31 de outubro de 2010

Dilma fala para todo o Brasil pela primeira vez como presidenta eleita

A nova presidenta da Brasil já chegou ao hotel em Brasília e começará agora o seu primeiro pronunciamento oficial.
No palco montado, governadores como Eduardo Campos e Renato Casagrande, Senadores José Sarney, Marta Suplicy e Magno Malta.

Dilma fala

Vestindo branco, com muita serenidade na voz e acompanhada do ex-ministro Antonio Palloci, que certamente terá função importantíssima em seu governo, Dilma deu uma rápida entrevista ao sair de sua residência, agradecendo ao povo brasileiro e prometendo honrar a confiança depositada.

Marina Silva deixa sua mensagem para Dilma

No twitter de Marina:
"Quero parabenizar a ministra Dilma duas vezes. Por sua eleição como presidente e por ser a primeira mulher eleita para o cargo na República.
Aquela que era a candidata de uma parte dos brasileiros, a partir de agora, é a presidente eleita de todos nós nos próximos quatro anos."

Zé Dirceu na área

Do Radar On-line:
"Recebido pela militância petista com gritos de “Dirceu guerreiro do povo brasileiro”, José Dirceu chegou há pouco ao QG dilmista montado em um hotel de Brasília. Cercado por jornalistas, recebeu a ajuda do ator José de Abreu para entrar no edifício."

Para todos

"Vou governar com a minha coligação, mas para todos... Vou me relacionar com governadores e prefeitos, mesmo de outros partidos, de forma republicana."

Dilma Rousseff, ontem, em Belo Horizonte.

Ganha a democracia




As urnas falaram, e são soberanas. Nossa insipiente democracia dá mais um passo em direção ao seu crescimento e solidificação, à despeito dos naturais percalços do caminho.

Espero que a candidata eleita, Dilma Rousseff, e a oposição por vir, tenham a compreensão dos seus compromissos republicanos e democráticos no sentido de pacificar os ânimos, reatar canais de comunicação e avançar nas conquistas sociais desejadas por todos nós.

O Brasil tem grandes desafios, e na minha opinião, a educação é o maior deles. Penso que a única revolução possível é pela formação cidadã através da educação pública de qualidade.

É hora de parabenizar a presidenta eleita Dilma Rousseff, a coligação de partidos que lhe deu suporte, e à sua aguerrida militância.

É hora de parabenizar a democracia brasileira.

É hora de parabenizar o Brasil.

Site de Serra hackeado




"Dilma sobreviveu após ser torturada com choques elétricos e pau-de-arara.

Já Serra dá piti com bolinha de papel e fitinha aehuea..



by xs86-, SHOWING, HADES."

Texto encontrado neste momento no site de José Serra.

Boa sorte Presidenta!

Independente das minhas opiniões aqui expressadas, desejo boa sorte à primeira mulher eleita presidenta da República do nosso país. Uma vitória indiscutível, que se deve única e exclusivamente a um nome: Lula.

Dilma eleita

Com 73% dos votos apurados e com uma diferença beirando os 5 milhões de votos, o Brasil elegeu neste domingo a Sra. Dilma Roussef sua nova presidenta da República.

O sempre lembrado...


...Drummond( se vivo fosse, hoje, estaria aniversariando)

A Máquina do Mundo


Carlos Drummond de Andrade

"E como eu palmilhasse vagamente
uma estrada de Minas, pedregosa,
e no fecho da tarde um sino rouco

se misturasse ao som de meus sapatos
que era pausado e seco; e aves pairassem
no céu de chumbo, e suas formas pretas

lentamente se fossem diluindo
na escuridão maior, vinda dos montes
e de meu próprio ser desenganado,

a máquina do mundo se entreabriu
para quem de a romper já se esquivava
e só de o ter pensado se carpia.

Abriu-se majestosa e circunspecta,
sem emitir um som que fosse impuro
nem um clarão maior que o tolerável

pelas pupilas gastas na inspeção
contínua e dolorosa do deserto,
e pela mente exausta de mentar

toda uma realidade que transcende
a própria imagem sua debuxada
no rosto do mistério, nos abismos.

Abriu-se em calma pura, e convidando
quantos sentidos e intuições restavam
a quem de os ter usado os já perdera

e nem desejaria recobrá-los,
se em vão e para sempre repetimos
os mesmos sem roteiro tristes périplos,

convidando-os a todos, em coorte,
a se aplicarem sobre o pasto inédito
da natureza mítica das coisas,

assim me disse, embora voz alguma
ou sopro ou eco ou simples percussão
atestasse que alguém, sobre a montanha,

a outro alguém, noturno e miserável,
em colóquio se estava dirigindo:
"O que procuraste em ti ou fora de

teu ser restrito e nunca se mostrou,
mesmo afetando dar-se ou se rendendo,
e a cada instante mais se retraindo,

olha, repara, ausculta: essa riqueza
sobrante a toda pérola, essa ciência
sublime e formidável, mas hermética,

essa total explicação da vida,
esse nexo primeiro e singular,
que nem concebes mais, pois tão esquivo

se revelou ante a pesquisa ardente
em que te consumiste... vê, contempla,
abre teu peito para agasalhá-lo.”

As mais soberbas pontes e edifícios,
o que nas oficinas se elabora,
o que pensado foi e logo atinge

distância superior ao pensamento,
os recursos da terra dominados,
e as paixões e os impulsos e os tormentos

e tudo que define o ser terrestre
ou se prolonga até nos animais
e chega às plantas para se embeber

no sono rancoroso dos minérios,
dá volta ao mundo e torna a se engolfar,
na estranha ordem geométrica de tudo,

e o absurdo original e seus enigmas,
suas verdades altas mais que todos
monumentos erguidos à verdade:

e a memória dos deuses, e o solene
sentimento de morte, que floresce
no caule da existência mais gloriosa,

tudo se apresentou nesse relance
e me chamou para seu reino augusto,
afinal submetido à vista humana.

Mas, como eu relutasse em responder
a tal apelo assim maravilhoso,
pois a fé se abrandara, e mesmo o anseio,

a esperança mais mínima — esse anelo
de ver desvanecida a treva espessa
que entre os raios do sol inda se filtra;

como defuntas crenças convocadas
presto e fremente não se produzissem
a de novo tingir a neutra face

que vou pelos caminhos demonstrando,
e como se outro ser, não mais aquele
habitante de mim há tantos anos,

passasse a comandar minha vontade
que, já de si volúvel, se cerrava
semelhante a essas flores reticentes

em si mesmas abertas e fechadas;
como se um dom tardio já não fora
apetecível, antes despiciendo,

baixei os olhos, incurioso, lasso,
desdenhando colher a coisa oferta
que se abria gratuita a meu engenho.

A treva mais estrita já pousara
sobre a estrada de Minas, pedregosa,
e a máquina do mundo, repelida,

se foi miudamente recompondo,
enquanto eu, avaliando o que perdera,
seguia vagaroso, de mãos pensas."

Ouvi e reproduzo


Para Neto

Hoje, pela manhã , ouvi no rádio: Programa "Coisas que não voltam mais"do veterano radialista Valdebrando Silva, que neste mês que se encerra Garrincha(se vivo fosse) faria 77 anos. Em seguida, fez um bela homenagem ao "anjo das pernas tortas" com a música cujos versos reproduzo aqui:

Balada nº 7 (Mané Garrincha) Moacyr Franco

"Sua ilusão entra em campo no estádio vazio
Uma torcida de sonhos aplaude talvez
O velho atleta recorda as jogadas felizes
Mata a saudade no peito driblando a emoção

Hoje outros craques repetem as suas jogadas
Ainda na rede balança seu último gol
Mas pela vida impedido parou
E para sempre o jogo acabou
Suas pernas cansadas correram pro nada
E o time do tempo ganhou

Cadê você, cadê você, você passou
O que era doce, o que não era se acabou
Cadê você, cadê você, você passou
No vídeo tape do sonho, a história gravou

Ergue os seus braços e corre outra vez no gramado
Vai tabelando o seu sonho e lembrando o passado
No campeonato da recordação faz distintivo do seu coração
Que as jornadas da vida, são bolas de sonho
Que o craque do tempo chutou

Cadê você, cadê você, você passou
O que era doce, o que não era se acabou
Cadê você, cadê você, você passou
No vídeo tape do sonho, a história gravou"

Pro dia nascer feliz


"O único lugar onde o sucesso vem antes do trabalho é no dicionário."

Albert Einstein

Estamos chegando...

Papai Joel deu mais uma cartada decisiva ontem e meu Botafogo conseguiu uma importantíssima vitória contra o Atlético-MG, fora de casa: 2 a 0, gols de Edno e Loco Abreu, sempre ele.
Com isso são 6 pontos de diferença em relação ao Fluminense e Cruzeiro. Como ainda teremos 6 jogos pela frente e consequentemente 18 pontos a serem disputados, como "um estranho no ninho", como bem disse Mestre Joel, estamos na luta pelo título.

sábado, 30 de outubro de 2010

Pra esquecer...

Para aguentar esses dois candidatos malas nesta reta final de eleição (ufa!), vou tomar umas doses pra esquecer o trauma...

Fuiiiiii

Na boa...

...depois de um tempo sem estar com sua família e amigos de verdade por perto, é bom pra cacete esquecer que amanhã tem eleição....
Como eu amo minha terra!!!!

Papeando no sábado


Walnize Carvalho


Sábado.
Bom papear com meu leitor. Mas... nada de papo-cabeça, reflexões filosóficas, análises profundas, afinal sábado é um dia em que você amanhece pensando em descansar, esquecer o corre-corre diário e, se possível, afastar-se um pouco dos dramas existenciais e circunstanciais.
O do jeito que sou e do jeito que sei pretendo escrever sem patente, sem marca registrada.
A proposta é um encontro intimista, um cochicho ao pé do ouvido, um segredinho sem segundas intenções, uma visão amena do mundo e dos seres humanos.
Neste blog ora falo do meu dia-a-dia (tão igual ao dos meus cúmplices, quer dizer, leitores), ora tirando do baú das memórias singelas lembranças e ora – e muito – traçando em palavras o cotidiano das ruas para quem me lê possa conceber uma fotografia colorida ou em preto e branco. Numa interação com a cronista dar o tom que o seu imaginário ditar.
Derramo na tela letras que dançam , que riem, que choram, que interagem.
E porque é sábado cabe unicamente acreditar que é preciso diversificar o papo, montar histórias com toque de fantasia, dar ao texto uma sensação de frescor de manhã de primavera que perpasse entre as vírgulas, os pontos e os parágrafos.
Desejo tão somente obter uma reação positiva: provocar um sorriso, uma lágrima no canto de olho ou até mesmo uma sonora gargalhada
Assim ...apresso-me em escrever rápido e sem mais delongas meu texto de hoje sem saber qual sentimento irá provocar:
Dia desses cheguei apressada em casa.
Mal tive tempo de abrir a porta e...calçados pro ar!
Corri em busca de algo que para mim seria de extrema necessidade.
Vinha, há poucos minutos atrás, pela rua distraída e ansiosa . Nem vi a vizinha com seu “boa tarde”costumeiro.Trazia nas mãos, flores colhidas na calçada.
Cheguei realmente apressada.
Estaria eu, em busca de um copo d’água para matar a sede, já que o sol forte da tarde de primavera com ares de verão ainda brilhava no céu?
Estaria eu, à caça de um analgésico para uma eventual dor de cabeça, pois o dia fora exaustivo?
Estaria eu , necessitada de farta refeição, pois de tão atarefada não tive tempo de lanchar?
Não. Como uma criança travessa que sobe na cadeira em busca de guloseimas dentro do armário fui até a sala em busca de um livro na estante.Um específico livro .Nele encontrei a poesia - específica poesia- que bem sabia, iria aliviar a minha alma .

Prédio desaba no Centro do Rio


Um prédio de três andares desabou agora pela manhã no Centro do Rio. Acontece nesse momento o resgate de vítimas e já foram 4 mortes confirmadas. O número pode ser bem maior, já que no momento do desbamento várias pessoas dormiam no local. Há informações de que há pessoas com vida nos escombros. Duas casas também foram atingidas.

Missa para Luizz Ribeiro

A família e amigos do nosso "Avyador" Luizz Ribeiro, pedem para avisar que a missa de 7º dia em sua homenagem será realizada hoje (sábado) às 18h no Convento em Campos. Independente da fé religiosa de cada um, o comparecimento de todos será uma grande homenagem ao músico campista que nos deixou no último sábado.
 

Pro dia nascer feliz


"Os homens são como as moedas; devemos tomá-los pelo seu valor, seja qual for o seu cunho."

Carlos Drummond de Andrade

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Nada mudou...

Não teve a baixaria de outras noites, mas faltou um embate mais direto. Faltou emoção. Tive saudades do Lula de eleições passadas. De um Lula que aprendi a admirar há alguns anos. Triste constatar que nos próximos 4 anos teremos uma presidenta que não inspira a confiança que merecíamos. Evasiva e vazia. É como a vejo. Mas a democracia é isso.
Como devo ir para praia amanhã à noite é bem provável que, pela primeira vez em minha vida, não vote. Para um cara que gosta de discutir e conversar sobre política, é decepcionante. Caso retorne de Grussaí, por total falta de opção, não voto em Dilma do Chefe.

Serra ganha direito de resposta no twitter

Êta eleição maluca!!!
Até no twitter os candidatos tem direito de resposta. É uma decisão inédita do TSE, e quem estreia a nova modalidade é o candidato tucano José Serra.
Tudo começou no dia 19 de outubro, quando o deputado estadual Rui Falcão (PT-SP) postou dois tuítes em que afirmava que os eleitores deveriam ter cuidado com os telefonemas da equipe de Serra. O petista afirmou ainda que “no meio das ligações pode ter gente capturando seu nome para usar criminosamente”.
Os ministros discutiram a forma de veicular a resposta e concluíram que Falcão terá que postar em seu perfil dois tuítes (com até 140 caracteres cada), que ficarão registrados em caráter permanente. O conteúdo dirá que o TSE concedeu o direito de resposta por ofensas à campanha de Serra e que a equipe do candidato “agiu com lisura, de forma integra e respeitando todos os eleitores”.

Mãe do ano?

Charge - Amarildo

Protesto contra inclusão de nomes em lista pró-Serra

Ao menos três signatários de um documento de apoio ao tucano que circula pela internet já protestaram contra a inclusão de seus nomes numa lista de mais de 400 supostos apoiadores de Serra. São eles: a cantora Sandra de Sá, o cantor Ivan Lins e o escritor Affonso Romano de Sant'Anna.

Artigo na íntegra aqui.

Por que?

"Pena que o Papa Bento XVI tenha virado cabo eleitoral de forças conservadoras! Por que não elogia politicas sociais que salvam vidas?"

Frei Betto

Ninguém me ama, ninguém me quer....

Do Radar On-line:

Silas Malafaia e Anthony Garotinho não se falam desde o primeiro turno das eleições. O pastor está irritado porque o seu irmão, Samuel Malafaia, eleito deputado estadual no Rio de Janeiro, não teve espaço na propaganda eleitoral gratuita do PR. Clarissa, filha de Garotinho, praticamente monopolizou a campanha do partido.

A propósito, a neutralidade “temporária” de Garotinho no segundo turno virou “definitiva”. Dilma Rousseff e José Serra terminam a campanha ignorando o apoio do ex-governador do Rio.

Por Lauro Jardim"

Estrutura da Bienal

Passando pelo Centro da cidade, fiz rápido registro da montagem da Bienal do Livro que acontece em Campos entre os dias 5 e 14 de novembro. Para comportar o público serão cerca de 10 mil metros quadrados.  Já estão confirmadas as participações dos escritores Luiz Fernando Veríssimo, Zuenir Ventura e o músico Gabriel, o Pensador.

Devo confessar que estou temeroso quanto à localização, em plena Praça São Salvador. Com o trânsito caótico e a falta de vagas para estacionamento na área central da cidade, só nos resta cruzar os dedos. Em contrapartida, ganha o comércio dessa região, que têm tudo para se dar bem com o movimento durante os dias de Bienal.
   

Companheiros


Os livros
Eugénio de Andrade

"Os livros. A sua cálida
Terna, serena pele. Amorosa
Companhia. Dispostos sempre
A partilhar o sol
Das suas águas. Tão dóceis
Tão calados, tão leais.
Tão luminosos na sua branca e vegetal cerrada
Melancolia.
Amados
Como nenhuns outros companheiros
Da alma. Tão musicais
No fluvial e transbordante
Ardor de cada dia."

Antologia Breve
Porto, Editorial Nova, 1972

Doação de sangue urgente

Oscarina Gomes da Silva encontra-se internada no Hospital Ferreira Machado, em Campos dos Goytacazes, onde será submetida a uma cirurgia cardíaca. Ela necessita, urgentemente, de doadores de qualquer tipo sanguíneo.

Os doadores que estiverem disponíveis poderão realizar as doações em nome da paciente, no Hemocentro de Campos dos Goytacazes (Rua Rocha Leão, nº 2), das 7 às 17h, inclusive sábados, domingos e feriados.

Telefone do Hemocentro: (22) 2732-4260 ou 0800-2820250.

Ronaldinho Gaúcho volta à seleção

Mano Menezes convocou nesta manhã a seleção brasileira para o sempre esperado duelo contra a Argentina. E além do retorno de Ronaldinho Gaúcho, Neymar foi novamente convocado depois dos seus ataques de estrelismo. Jefferson, a muralha alvinegra, mais uma vez está na lista de Mano.
Confira os convocados:

Goleiros:
Victor (Grêmio)
Jefferson (Botafogo)
Neto (Atlético-PR)

Laterais:
Daniel Alves (Barcelona)
Rafael (Manchester United)
Adriano Corrêa (Barcelona)
André Santos (Fenerbahçe)

Zagueiros:
Thiago Silva (Milan)
David Luiz (Benfica)
Alex Costa (Chelsea)
Réver (Atlético-MG)

Volantes:
Lucas (Liverpool)
Ramires (Chelsea)
Sandro (Tottenham)
Jucilei (Corinthians)

Meias:
Douglas (Grêmio)
Philippe Coutinho (Inter de Milão)
Ronaldinho Gaúcho (Milan)
Elias (Corinthians)

Atacantes:

Robinho (Milan)
Alexandre Pato (Milan)
André (Dínamo de Kiev)
Neymar (Santos)

Formas inusitadas de gostar de livros




Papel de parede
Bar
Porta retratos

Um verdadeiro retrocesso

As campanhas políticas, especialmente no Brasil, são ricas em distorções semânticas e em abusos de retórica. Os candidatos- alguns mais do que outros, é bom que se diga- atribuem aos adversários intenções que eles nunca tiveram , crenças que nunca defenderam e ações que nunca realizaram.
A palavra-chave que os seguidores do presidente Lula resolveram usar para demonizar o adversário foi a ameaça de “retrocesso” que a sua vitória representaria. A palavra “retrocesso” foi usada como espantalho, mesmo sem nenhum esclarecimento sobre o que seria o seu verdadeiro conteúdo semântico.Simplesmente “retrocesso” virou carimbo desqualificador, dispensando o uso de provas ou argumentos que lhe dessem significado.
Retrocesso seria acabar com os programas sociais, como o Bolsa Família e o ProUni. Mas qual é a evidência disso? Em que documento essa intenção está declarada? Confundir a ação direta de inconstitucionalidade que o DEM apresentou contra os aspectos raciais da lei que instituiu o ProUni com uma ação para acabar com o ProUni é uma certa falta de rigor intelectual, uma forma de distorção que passa tranquilamente batida no fragor de uma disputa eleitoral transformada propositalmente em batalha de vida ou morte.
Retrocesso seria privatizar a Petrobrás. Mas quem quer privatizar a Petrobrás? Atribuir ao adversário intenções que ele nunca manifestou não seria uma forma mais grave e mais concreta de retrocesso? Confundir propositalmente o sistema de concessões de exploração- que esse mesmo governo petista usou à exaustão e com excelentes resultados- com privatização é outra manifestação de desonestidade intelectual que também passa batida no festival de embromações em que se transformaram a propaganda no horário eleitoral e os duelos autistas dos candidatos nos debates engessados e paralisantes da TV.
Enquanto se divertia criando fantasias sobre retrocessos para fins eleitorais, o governo aproveitava a distração geral da opinião pública com os fogos de artifício da campanha, para cometer, de verdade, aquele que talvez tenha sido o maior retrocesso nas contas públicas na última década, criando uma verdadeira herança maldita para o próximo governo administrar.O passe de mágica consistiu no seguinte: criar um superávit primário recorde (no lugar daquele que seria um déficit recorde) com o troco do dinheiro criado com emissão de títulos da dívida pública com que o governo pagou a sua cota na capitalização da Petrobrás.Mais ou menos como pegar dinheiro emprestado no banco para pagar a fatura do cartão de crédito,mostrar a fatura quitada e esconder a promissória assumida.
A “gambiarra”,como a classificou o especialista em contas públicas Raul Velloso, consistiu no seguinte, usando a explicação didática de Miriam Leitão: o Tesouro emitiu R$ 74,8 bi em dívida pública; usou R$ 42,9 bi para subscrever ações da Petrobrás; o resto,R$ 31,9 bi,foi transferido ao BNDES e ao Fundo Soberano; BNDES e Fundo repassaram esses títulos á Petrobrás para pagar ações que compraram; com todos esses títulos, a Petrobrás pagou a cessão onerosa dos barris de petróleo da parte pertencente à União nas reservas do pré-sal; o governo descontou o dinheiro que gastou na subscrição de ações e considerou que o restante, R$ 31,9 bi, era receita.E assim usou uma dívida como receita e transformou um déficit que seria de 5,8 bi em um superávit recorde de 21,6 bi.
Há retrocessos e retrocessos.

Sandro Vaia

Dá-lhe Dom...

Depois de Maria Gadu, o Festival da Primavera de São João da Barra recebe no  Novo Balneário em Atafona  o "figuraça" Dom Américo. A apresentação está confirmada para o domingo logo após o horário das eleições presidenciais do segundo turno, às 17h30. Dom apresenta-se acompanhado de seus "comparsas". Em dia de eleição, uma boa pedida! 

Dia nacional do livro


Na data de hoje, em 1810, a Real Biblioteca Portuguesa foi transferida para o Brasil, quando então foi fundada,oficialmente, a Biblioteca Nacional sendo assim, escolhida esta data para o DIA NACIONAL DO LIVRO.

Pro dia nascer feliz


"Um país se faz com homens e livros"

Monteiro Lobato

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Encerrando os trabalhos por hoje...


"Tudo que sabemos a respeito do amor é inacabado.
A cada pretensa linha de chegada,
o nosso entendimento se depara com uma nova linha de partida.
A cada porta atravessada, encontramos mais à frente uma outra para ser aberta.
Fonte inesgotável de vida, o amor é um caminho que clareia, progressivamente,
à medida em que o percorremos.
É como se cada passo nosso descortinasse um pouco mais da sua luz.
A jornada é feita de dádivas e alegrias,
mas também de imprevistos, embaraços, inabilidades, lições de toda espécie.
De vez em quando tropeçamos nos trechos mais acidentados.
Depois levantamos e prosseguimos: o chamado do amor é irrecusável para a alma.
Desistir dele para ela, é como desistir de respirar."

O chamado do amor- Ana Jácomo


Conca decide e Fluzão segue líder


Em jogo recém encerrado, o Fluminense venceu o Grêmio no Engenhão: 2 a 0, dois gols do craque argentino Darío Conca. Com a vitória, o Tricolor das Laranjeiras abre 3 pontos sobre Corinthians eCruzeiro, chega aos 57 pontos e segue na liderança do campeonato brasileiro.
Nos outros jogos de hoje, São Paulo 2 X 1 Atlético-PR e Atlético-GO 1 X 1 Ceará.
Na luta por uma vaga na Libertadores, meu Botafogo agradece.

Programação em Macaé para o fim de semana




Filme: Antes que o Mundo Acabe
Data: 29 de outubro a 4 de novembro, às 16h50
Ingresso: R$ 8 (força de trabalho da Petrobras com apresentação de crachá e um acompanhante)
Local: shopping (antigo) na Av. Rui Barbosa 1725, Alto dos Cajueiros
Classificação: 10 anos
Informações: (22) 2762-5405

Filme: Como Esquecer
Data: 29 de outubro a 4 de novembro, às 15h e 18h50
Ingresso: R$ 8 (força de trabalho da Petrobras com apresentação de crachá e um acompanhante)
Local: shopping (antigo) na Av. Rui Barbosa 1725, Alto dos Cajueiros
Classificação: 16 anos
Informações: (22) 2762-5405

Filme: O Pequeno Nicolau (legendado)
Data: 29 de outubro a 4 de novembro, às 20h30
Ingresso: R$ 8 (força de trabalho da Petrobras com apresentação de crachá e um acompanhante)
Local: shopping (antigo) na Av. Rui Barbosa 1725, Alto dos Cajueiros
Classificação: Livre
Informações: (22) 2762-5405



Evento: Feirinha da Praça Veríssimo de Mello
Data: todas as quintas, a partir das 16h
Local: Praça Veríssimo de Mello, Centro (em frente ao Hospital São João Batista)
Informações: www.macae.rj.gov.br


Exposição: Memórias de César Mello
Data: de segunda à sexta, das 10h às 18h
Local: Solar dos Mellos
Informações: www.macae.rj.gov.br

Exposição: Exposição anual de brinquedos antigos (peças do século XIX e XX)
Data: aos sábados às 16h, com exibição de desenhos animados antigos e filmes de longa metragem
Local: Solar dos Mellos
Entrada franca
Informações: www.macaetem.com.br

Evento: Rock Forever em DVD
Data: toda quinta-feira, a partir das 20h
Local: Botequim na Av. Atlântica 2690, Cavaleiros
Informações: www.macaetem.com.br

Show: Banda Eva (2º Axé Macaé)
Data: 30 de outubro, a partir das 20h
Local: Centro de Convenções
Informações: www.macaetem.com

Show: Grupo Kaentrenós (Samba de raiz)
Data: 29 de outubro, a partir das 21h30
Local: Botequim na Av. Atlântica 2690, Cavaleiros
Informações: www.macaetem.com

Show: Alma de Borracha (Repertório dos Beatles)
Data: 30 de outubro, a partir das 21h30
Local: Botequim na Av. Atlântica 2690, Cavaleiros
Informações: www.macaetem.com

Show: Palafita (Choro e Samba de Raiz)
Data: 1º de novembro, a partir das 21h30
Local: Botequim na Av. Atlântica 2690, Cavaleiros
Informações: www.macaetem.com

Evento: 3ª edição do projeto Seresta na Praça
Data: 29 de outubro
Local: Praça Veríssimo de Melo, Centro
Informações: www.macae.rj.gov.br


Espetáculo: No Buraco
Data: 29 de outubro, às 20h
Local: SESI Macaé
Classificação: Livre
Entrada franca
Informações: www.firjan.org.br

Programação cultural em Campos no fim de semana

Evento: Copa Sesc de Futsal
Data: até 28 de outubro, terças e quintas, às 19h
Local: SESC Campos
Informações: www.sescrio.org.br

Evento: 3° Etapa Snug/FME do Circuito de Corrida de Rua 2010
Inscrições: até 4 de novembro, pelo site www.snugsports.com.br
Informações: www.nf10.com.br

Evento: Dia Internacional de Animação
Data: 28 de outubro, às 19h30
Local: Auditório Prata Tavares - Palácio da Cultura (Praça das Bandeiras, s/nº)
Informações: (22) 9254-0464 ou albaldan.cine@gmail.com (Antônio Luiz Baldan, coordenador local)

Evento: Baile do Servidor com Banda Celebrare
Data: 28 de outubro
Local: Fundação Rural de Campos
Informações: www.ururau.com.br

Evento: Projeto Outudo Trash (oficina, shows, exibições de curtas etc)
Data: até 30 de outubro
Local: SESC Campos
Classificação: 14 anos
Entrada franca
Informações: www.nf10.com.br

Evento: I Encontro Regional Projovem Adolescente
Data: 28 de outubro, das 9h às 16h
Local: Teatro Trianon
Informações: www.campos.rj.gov.br


Exposição: Quatro em Quadros
Data: até 2 de novembro, de terça à sexta, às 12h / sábados e domingos, às 14h
Local: Sesc Campos
Informações: www.sescrio.org.br

Show: Simples Assim, com Maria Fernanda
Data: 28 de outubro, às 22h
Local: Rua Afonso Coelho da Silva 34, Flamboyant
Ingresso: R$ 80 (mesa), R$ 20 (individual)
Informações: www.ururau.com.br

Show: Dissonantes (Instrumental)
Data: 29 de outubro, às 19h
Local: SESC Campos
Informações: www.sescrio.org.br


Espetáculo: Perdoa-me por me traíres
Data: 29 de outubro, às 20h
Local: SESC Campos
Ingressos: R$ 3 (Comerciários), R$ 12 (público em geral), R$ 6 (estudantes, idosos)
Classificação: 14 anos
Informações: www.sescrio.org.br

Espetáculo: Pretas Por Ter
Data: 3, 4 e 5 de novembro, às 21h (sexta e sábado), 20h (domingo)
Local: Teatro de Bolso Procópio Ferreira
Ingressos: R$ 20 (inteira), R$ 10 (meia)
Classificação: 12 anos
Informações: www.fundacaotrianon.org.br

Espetáculo: Raio X
Data: 29 de outubro, às 20h
Local: Teatro Trianon
Ingressos: R$ 10
Classificação: 14 anos
Informações: www.fundacaotrianon.org.br

Sobre Néstor Kirchner

video


No dia 24 de marco de 2004 – aniversário do início da mais cruel ditadura militar da história Argentina – o ex-presidente Nestor Kirchner foi protagonista de um ato histórico.
No Colégio Militar da Nação, ordenou ao tenente general Roberto Bendini que subisse em um banquinho e retirasse da parede os quadros dos ditadores Jorge Videla e Roberto Bignone, que impuseram o terrorismo de Estado no país entre 1976 e 1983.
Nas primeiras filas, 27 generais e cinco coronéis. Desnorteados.
O ato durou segundos, mas foi extremamente simbólico. Tanto que o vídeo desta cena foi um dos mais vistos ontem na Argentina, após o anúncio da morte de Kirchner.
Denunciava uma concordância silenciosa de que, independentemente de sua figura controversa, apenas por esse gesto Kirchner merecia ser respeitado – e recordado.

Do blog Aquí me quedo.

Repassando...


...email:

2ª edição do show “Simples assim”, dia 28, no MPBar

Vamos participar da corrente do bem em prol da gravação do primeiro cd, da cantora Maria Fernanda? Bom, neste 28/10, tem segunda edição do show “Simples assim”, no MPBar, a partir das 22h.
As mesas saem a R$ 80 e individual R$ 20,00. Liguem para guardar seu lugar. Contatos pelo cel. (22)9947-1209 ou procurem Lolô ou a Patrícia Bueno no bar, cujo endereço é Rua Alonso Coelho da Silvana, nº 34 – Flamboyant – Campos.

Charge do dia


Do Amarildo

Será?

Quando vejo a propaganda da Dilma do Chefe e seus espetaculares números, que são citados como conquistas do governo de Luis Inácio, fico a pensar se não estou morando em outro país e ainda não me dei conta.

Eles abusaram??

Do Radar On-line:

"O Ministério Público Eleitoral do Rio de Janeiro entrou com uma representação por abuso de poder econômico contra os principais líderes da aliança PT-PMDB no Rio de Janeiro. Sérgio Cabral, Eduardo Paes, Jorge Picciani, Lindberg Farias e o deputado federal eleito Pedro Paulo Carvalho são citados na ação da procuradora regional Monica Campos de Ré.

Segundo o MPE, um evento de campanha de Pedro Paulo em 15 de agosto na zona oeste do Rio teve lanches bancados por uma empresa que tem contratos com a prefeitura e o governo do estado. Além disso, ônibus de empresas que são concessionárias na cidade transportaram eleitores para o local repleto de propagandas dos candidatos de PT e PMDB."

Peroba nele!!!


Cada vez que vejo o senhor Gilmar Mendes em ação tenho mais asco de sua cara de pau. Tive um dia corrido ontem e só no fim da noite pude ver sua deplorável crítica à Lei da Ficha Limpa. Queria até escrever mais sobre o assunto, mas como agora não dá, fica registrado meu desabafo contra este senhor.
E como escreveu o grande deputado Chico Alencar no twitter: "Onde Gilmar Mendes estudou história para ver no Ficha Limpa 'flerte com nazifascismo'?"

Sociedade Juris


###Negado habeas corpus a homem condenado por racismo contra a filha de uma empregada
A Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou o recurso em habeas corpus em que um homem condenado por racismo no Ceará pedia o trancamento da ação penal por ausência de justa causa.
O homem foi condenado por incitar discriminação racial contra uma adolescente que residia no mesmo condomínio que ele. A menina era filha de empregada doméstica e morava no apartamento onde a mãe trabalhava. A jovem fez amizade com outras adolescentes que moravam no mesmo condomínio e passou a frequentar a piscina do prédio.
O denunciado, que exercia a função de síndico, informou ao morador do apartamento em que a menina vivia que não era permitido aos empregados usar a piscina. Ele afirmou que isso era proibido pelo fato de a garota ser filha de uma empregada doméstica. Na ocasião, um funcionário encerrou o acesso à piscina antes do horário habitual.
A mãe da menina resolveu registrar um boletim de ocorrência quando soube das restrições impostas pelo então síndico. No depoimento da jovem e de testemunhas, consta que o homem se referia à vítima como “aquela negrinha” e que ele teria alertado algumas mães sobre a inconveniência de permitirem que as filhas tivessem amizade com a filha da empregada doméstica.
O homem foi condenado a um ano de reclusão em regime aberto. A pena foi substituída por uma restritiva de direitos – prestação de serviço à comunidade.
Para o relator, ministro Jorge Mussi, o trancamento da ação pela via de habeas corpus só é admissível quando a ausência de indícios que fundamentam a acusação é demonstrada sem a necessidade de exame do conjunto fático ou probatório.
O ministro afastou a alegação de carência de justa causa por entender que os elementos de informação produzidos no inquérito policial davam base adequada à denúncia. Jorge Mussi ressaltou ainda que o argumento foi enfraquecido, também, pela existência de posterior sentença condenatória.

### A NET terá que pagar R$ 2.500,00 por danos morais a um consumidor.
Rogério Brandi Tavares adquiriu um pacote “NET Combo”, com direito a quatro pontos de TV, telefone e acesso à internet, porém foi instalado apenas um ponto de TV. A decisão é da 10ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio.
Em audiência de conciliação, a NET afirmou que não realizou qualquer desconto na conta do autor relativo ao débito automático referente ao pacote e que teria cancelado o contrato, marcando data para a retirada dos equipamentos. A empresa também pediu a improcedência do pedido de dano moral, o que foi acatado pela 1ª instância, porém modificado por meio do recurso impetrado por Rogério.
Para o relator do processo, desembargador Gilberto Dutra Moreira, trata-se de propaganda enganosa, já que foram oferecidos serviços com o objetivo de atrair clientes sem que estes tenham sido fornecidos. “Ora, se a formação do pacote é estabelecida pela própria ré, supõe-se que os serviços oferecidos existam e que serão prestados, posto que contratados, não se justificando a não instalação de qualquer dos itens que o compõe”, destacou na decisão. Ainda de acordo com o desembargador, está evidenciada a afronta ao direito do consumidor, já que foram desrespeitadas as condições de contratação que haviam sido estabelecidas pela própria ré.


### Emissora de TV não é responsável por ofensas ditas por entrevistado em programa ao vivo
A Televisão Pioneira, do Piauí, não é responsável por ofensa praticada por entrevistado em programa ao vivo. A Justiça estadual entendeu que a emissora e o apresentador do programa “Eleições 98” não deram causa ao dano alegado. Esse entendimento não pode ser revisto pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), uma vez que demandaria o reexame de provas em recurso especial, o que é proibido pela Súmula n. 7 da Corte.
O autor do recurso é o empresário Paulo Delfino Fonseca Guimarães, que ajuizou ação de indenização por danos morais contra a TV Pioneira, por se sentir prejudicado ao ter a honra e a dignidade atingidas pelo então deputado Carlos Augusto Araújo Lima, já falecido.
Lima acusou Guimarães e Sílvio Leite, superintendente do Sistema Meio Norte de Comunicação, de exigirem “dinheiro que daria para colocar em funcionamento 25 hospitais”, para ficarem calados e não falarem mal do governador do estado. Guimarães, no entanto, alegou que o apresentador do programa não impediu o entrevistado de dizer as ofensas, acarretando a responsabilidade civil da empresa de televisão. Esse foi o argumento que não pode ser analisado por força da Súmula n. 7 do STJ.
Guimarães pediu também a redução dos honorários advocatícios arbitrados em 15% do valor da causa, fixado em R$ 2 milhões. O relator, ministro Sidnei Beneti, afirmou que, como não houve condenação, a fixação dos honorários deve ser realizada de acordo com artigo 20, parágrafo 4º, do Código de Processo Civil.
Para o ministro Beneti, nos autos de ressarcimento de dano moral, em que o valor atribuído à causa é meramente estimativo, já que fica a critério do julgador o arbitramento da indenização, os honorários de R$ 20 mil mostram-se adequados para remunerar os advogados, sem onerar demais os recorrentes.
O recurso especial foi parcialmente provido apenas para anular a multa imposta pelo Tribunal de Justiça do Piauí, em razão de embargos de declaração considerados protelatórios. O ministro Beneti constatou que os embargos foram manifestados com o intuito de prequestionar os termos abordados no recurso.


### As Casas Bahia e a empresa Whirpoll foram condenadas a pagar, solidariamente, uma indenização de R$ 2 mil por danos morais a uma consumidora.
Arilea Sampaio comprou uma máquina de lavar da marca Cônsul em uma das lojas da rede, mas esta apresentou defeito contínuo sete meses após sua compra, impossibilitando seu uso. A sentença foi confirmada pelo desembargador Jorge Luiz Habib, da 18ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio, que julgou recurso de Arilea contra a decisão de 1ª instância.
A consumidora adquiriu a máquina no dia 30 de maio de 2007, com garantia de 12 meses. Após sete meses de uso, foi constatado um problema na placa de controle e a peça foi substituída. Cerca de três meses depois, ela apresentou o mesmo defeito, foi novamente trocada e dias depois voltou a apresentar o problema. A Whirpoll alegou que não havia vício no produto ou falha na prestação do serviço, já que sempre atendeu às solicitações da autora.
Para o relator do recurso, desembargador Luiz Habib, a sentença foi correta. “Nesta toada, entende essa relatoria que o quantum arbitrado observou a lesão causada e os princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, informadores da matéria, não merecendo qualquer reparo”, afirmou na decisão. Ainda de acordo com a sentença, a consumidora deverá ter a máquina de lavar substituída por uma nova similar ou superior.

Lembrando hoje...


...do - Dia do Funcionário Público

Lembrando hoje"Em 1808, com a chegada da Família Real Portuguesa ao Brasil, formou-se o embrião daquilo que seria a máquina administrativa estatal.

O Brasil se tornou independente, virou império, república. E lá estavam os servidores. Governos e governantes vieram e passaram, e os funcionários permaneceram. Tanto na ditadura quanto na democracia, a imensa máquina pública brasileira jamais deixou de funcionar.

O cargo de funcionário público sempre foi muito cobiçado. A cada novo concurso, milhares de candidatos buscam uma vaga em instituições federais, estaduais e municipais. Apesar disso, o serviço público, de um modo geral, é visto como ineficiente por boa parte da sociedade. Garantias como a estabilidade no emprego tornam difícil demitir maus funcionários, contribuindo para a imagem depreciativa do paletó na cadeira. Mas a história mostra que são estes funcionários, na verdade, os grandes responsáveis pela manutenção e organização dos serviços prestados pelo poder público, em qualquer nível.

Em 1943, o então presidente Getúlio Vargas institui o 28 de outubro como o Dia do Funcionário Público, através do Decreto-Lei Nº 5.936.

Em 1990, com o surgimento do novo Estatuto dos Servidores Públicos Civis da União, das autarquias e das fundações públicas federais - Lei 8.112 - a denominação de funcionário foi substituída pela de servidor."

Fonte: Infoblog

Pro dia nascer feliz


"Enquanto suspiramos por uma vida sem dificuldades, devemos nos lembrar que o carvalho cresce forte através de ventos contrários e que os diamantes são formados sob pressão."

Peter Marshall

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Serra corre risco de desmobilização

Fernando Rodrigues

A pesquisa Datafolha realizada hoje (26.out.2010) indica uma estabilidade total em relação ao levantamento da semana passada. Hoje, Dilma Rousseff (PT) tem 56% dos votos válidos. José Serra (PSDB) tem 44%.
São exatamente os mesmos percentuais do dia 21.out.2010.
Ou seja, a diferença entre a petista e o tucano continua sendo de 12 pontos.
Nessa circunstância, a virada tucana fica um pouco mais longe no horizonte das possibilidades. O risco maior a esta altura para Serra é a desmobilização daqueles que são seus apoiadores.
O reduto serrista se concentra nas regiões Sul e Sudeste. São também daí os eleitores que mais costumam viajar em feriados prolongados, como esse de Finados que estará emendado ao domingo (31.out), dia da eleição.
Um aumento de abstenção no Sul e no Sudeste tende a prejudicar mais a Serra do que a Dilma. E como os eleitores tucanos podem se desanimar se as pesquisas mostrarem pouca chance de virada, as coisas se complicam mais para o candidato do PSDB.
Do lado de Dilma também há riscos. Por exemplo, o ânimo exacerbado que acaba relaxando os militantes –cujo raciocínio pode ser do tipo “se já está tudo definido, não preciso me esforçar”. Como esse erro já foi cometido pelos petistas no 1º turno, em tese, não se repetirá agora.
Por fim, o Datafolha ainda encontra 8% de indecisos e 5% que votam em branco ou nulo. Só haveria uma virada se ocorresse algo estatisticamente impossível: todos se decidindo a favor de Serra.
Em geral, os indecisos se dividem proporcionalmente aos candidatos de acordo com o percentual que cada um já tem.

Dilma no limite

Fernando de Barros e Silva

"Vocês podem ter certeza, eu estou preparada para ser a primeira mulher presidente do Brasil". Foram as últimas palavras pronunciadas por Dilma Rousseff no debate da TV Record, já no início da madrugada de ontem.
Quando um evento como esse chega ao fim e, mais uma vez, ela parece ter sobrevivido, seus assessores só podem comemorar aliviados - ufa!
O fato é que Dilma não inspira certeza sobre nada. É aflitivo vê-la na TV. Não apenas pelo aspecto rombudo e robótico da sua figura. A aflição de Dilma está estampada no ritmo da sua fala, ao mesmo tempo lenta e acelerada, feita de arranques e soluços, de frases decoradas mas quase sempre truncadas.
Como o debate foi na emissora de Edir Macedo, falar em Deus pegava especialmente bem. E Dilma falou, mais de uma vez: "No que depender do meu governo se Deus quiser" - assim, sem pausas, sem vírgulas, sem ênfases, como alguém que se desincumbe de um fardo.
Dilma passa a impressão de estar no limite das suas capacidades, a um triz de um curto-circuito. Isso apesar da vantagem relativamente folgada que abriu sobre José Serra -56% a 44%, segundo o Datafolha.
Não se trata, certamente, de uma pessoa despreparada. Dilma tem substância. Mas não é, nunca foi, uma pessoa preparada para chegar à Presidência. É uma neófita. Nem de longe reúne os recursos pessoais para o exercício da função de seus antecessores - Lula ou FHC.
Sua candidatura representa a continuidade de um projeto, mas é também um capricho de Lula. Ninguém sabe como ela vai arbitrar conflitos, como irá gerir a máquina do Estado ou como se sairá enquanto líder política. A rigor, ninguém sabe qual a turma que ela pretende atrair para perto de si no poder.
A revelação de que Erenice Guerra fez da Casa Civil um centro de arte em família é um péssimo cartão de visitas para quem patrocinou a ascensão da ex-ministra.
Sobretudo quando se trata de uma candidata também aclamada no escuro.

Um pouco de Zeca no meio da noite...



Flor de Azeviche



Quando você pinta tinta nessa tela cinza


Quando você passa doce dessa fruta passa

Quando você entra mãe benta amor aos pedaços

Quando você chega nega fulô

Boneca de piche, flor de azeviche

Você me faz parecer menos só, menos sozinho

Você me faz parecer menos pó, menos pozinho


Quando você fala bala no meu velho oeste

Quando você dança lança flecha estilingue

Quando você olha molha meu olho que não crê

Quando você pousa mariposa morna lisa

O sangue encharca a camisa


Você me faz parecer menos só, menos sozinho

Você me faz parecer menos pó, menos pozinho


Quando você diz o que ninguém diz

Quando você quer o que ninguém quis

Quando você usa lousa pra que eu possa ser giz

Quando você arde ao arder e a sua teia cheia de ardiz


Quando você faz a minha carne triste quase feliz...


Você me faz parecer menos só, menos sozinho

Você me faz parecer menos pó, menos pozinho (3X)

Você me faz parecer menos... só

Menos sozinho...

Você me faz parecer menos pó, menos pozinha

O "Grande Irmão" é um um grande negócio

O tal Big Brother Brasil que estreia sua 11° edição em janeiro na Globo, deverá faturar algo entre R$ 450 e R$ 500 milhões durante seus três meses de duração. Vale lembrar que o prêmio para o ganhador é de 1 milhão de Reais.
Nessa "bagatela" de  meio bilhão de reais não estão incluídas assinaturas de pay-per-view e de Internet.
Reza a  lenda que só o apresentador Pedro Bial, receberia quase R$ 2 milhões por seus três meses de "BBB".

E mais...


As Bicicletas de Belleville” nesta quarta na FMC

Da Assessoria da Fundação Benedito Pereira Nunes

O projeto “Cinema: uma interlocução com a saúde”, da Faculdade de Medicina de Campos exibe nesta quarta-feira, 27, às 18h, no anfiteatro Jair Araujo Junior, o clássico da animação “As Bicicletas de Belleville” (França, 2003).

Com direção de Sylvain Chomet, e participação de Michèle Caucheteux, Jean-Claude Donda, Michael Robin, Monica Viegas no elenco, o filme conta a história de Champion, um menino solitário, que só sente alegria quando está em cima de uma bicicleta. Percebendo a aptidão do garoto, sua avó começa a incentivar seu treinamento, para fazê-lo um verdadeiro campeão e poder participar da Volta da França, principal competição ciclística do país. Porém, durante a disputa, Champion é sequestrado. Sua avó e seu cachorro Bruno partem então em sua busca, indo parar em uma megalópole localizada além do oceano e chamada Belleville.

A exibição de filmes na FMC, seguida de debates, acontece sempre na última quarta-feira do mês. A entrada é franca e aberta a toda a comunidade.

Postado por Vitor Menezes:(blog: "Urgente")

A agenda cultural desta quarta promete...



Dança entre dorsos tensos

Este é o título da mais nova obra - a quarta - do poeta campista Vilmar Rangel. O livro será lançado, às 20h, no Teatro do Sesi, em Guarus. O evento, garante o autor, não se resumirá à clássica sessão de autógrafos. "Será uma noite de arte", promete ele. Um grupo de artistas dirigido pelo diretor teatral José Sisneiros interpretará os poemas do livro, com elementos de teatro e dança, além de outros recursos cênicos.

A noite será enriquecida ainda com uma exposição de telas de autores campistas. A renda obtida com a venda dos exemplares (R$ 15,00 cada) será inteiramente doada a duas instituições filantrópicas, segundo informou Fernando Rossi, executivo dos espetáculos do Sesi/Campos.

Ah, sim! Vai rolar um coquetel também.

Postado por Rose David (blog:"Estou procurando o que fazer")

Na nossa rica literatura brasileira...


...hoje é bom lembrar de Graciliano Ramos :


"Graciliano Ramos nasceu no dia 27 de outubro de 1892, na cidade de Quebrangulo, sertão de Alagoas. Em 1894, a família muda-se para Buíque (PE), onde o escritor tem contacto com as primeiras letras.

O ano de 1933 marca o lançamento de seu primeiro livro, "Caetés", que já trazia consigo o pessimismo que marcou sua obra. Esse romance Graciliano vinha escrevendo desde 1925.

Em 1938, publica seu famoso romance "Vidas secas". No ano seguinte é nomeado Inspetor Federal do Ensino Secundário no Rio de Janeiro.

No janeiro de 1953 é internado na Casa de Saúde e Maternidade S. Vitor, onde vem a falecer, vitimado pelo câncer, no dia 20 de março, às 5:35 horas de uma sexta-feira. É publicado o livro "Memórias do cárcere", que Graciliano não chegou a concluir, tendo ficado sem o capítulo final.

Em 1965, seu romance "Caetés" é publicado em Portugal.

Seus livros "Vidas secas" e "Memórias do cárcere" são adaptados para o cinema por Nelson Pereira dos Santos, em 1963 e 1983, respectivamente. O filme "Vidas secas" obtem os prêmios "Catholique International du Cinema" e "Ciudad de Valladolid" (Espanha). Leon Hirszman dirige "São Bernardo", em 1980.

Em 1970, "Memórias do cárcere" é publicado em Portugal."

Bibliografia:

- Caetés - romance

- São Bernardo - romance

- Angústia - romance

- Vidas secas - romance

- Infância - memórias

- Dois dedos - contos

- Insônia - contos

- Memórias do cárcere

Fonte:www.releituras.com

Goytacaz é destaque no globoesporte.com

Campos dos Goytacazes, no interior do Rio de Janeiro, não tem no vermelho a cor da paixão. Lá, impera o azul. Mais precisamente na Rua do Gás, 351. No endereço, está localizado o estádio Ary de Oliveira e Souza. Matriz de uma “religião” baseada na devoção, apesar dos quase 20 anos de sofrimento. E onde sazonalmente fanáticos, que se multiplicam em meio à dor, comparecem vestidos com a cor do céu para torcer e rezar pelo ressurgimento do Goytacaz Futebol Clube.

Para conferir a matéria completa do colega Cahê Mota é só clicar aqui.

Declaração de voto

Votei em Marina no primeiro turno. Até tentei me decidir entre os que restaram agora, mas não deu. Um é pior que o outro. E não quero votar no menos pior desta vez.

VOTO NULO.

Charge - Amarildo

Carta à candidata Dilma


Meu nome foi incluído no manifesto de intelectuais em seu apoio. Eu não a apóio. Incluir meu nome naquele manifesto é um desaforo! Mesmo que a apoiasse, não fui consultada. Seria um desaforo da mesma forma. Os mais distraídos dirão que, na correria de uma campanha... “acontece“. Acontece mas não pode acontecer. Na verdade esse tipo de descuido revela duas coisas: falta de educação e a porção autoritária cada vez mais visível no PT. Um grupo dominante dentro do partido que quer vencer a qualquer custo e por qualquer meio.
Acho que todos sabem do que estou falando.
O PT surgiu com o bom sonho de dar voz aos trabalhadores mas embriagou-se com os vapores do poder. O partido dos princípios tornou-se o partido do pragmatismo total. Essa transformação teve um “abrakadabra” na miserável história do mensalão . Na época o máximo que saiu dos lábios desmoralizados de suas lideranças foi um débil “os outros também fazem...”. De lá pra cá foi um Deus nos acuda!
Pena. O PT ainda não entendeu o seu papel na redemocratização brasileira. Desde a retomada da democracia no meio da década de 80 o Brasil vem melhorando; mesmo governos contestados como os de Sarney e Collor (estes, sim, apóiam a sua candidatura) trouxeram contribuições para a reconstrução nacional após o desastre da ditadura.
Com o Plano Cruzado, Sarney tentou desatar o nó de uma inflação que parecia não ter fim. Não deu certo mas os erros do Plano Cruzado ensinaram os planos posteriores cujos erros ensinaram os formuladores do Plano Real.
É incrível mas até Collor ajudou. A abertura da economia brasileira, mesmo que atabalhoada, colocou na sala de visitas uma questão geralmente (mal) tratada na cozinha.
O enigmático Itamar, vice de Collor, escreveu seu nome na história econômica ao presidir o início do Plano Real. Foi sucedido por FHC, o presidente que preparou o país para a vida democrática. FHC errou aqui e ali. Mas acertou de monte. Implantou o Real, desmontou os escombros dos bancos estaduais falidos, criou formas de controle social como a lei de responsabilidade fiscal, socializou a oferta de escola para as crianças. Queira o presidente Lula ou não, foi com FHC que o mundo começou a perceber uma transformação no Brasil.
E veio Lula. Seu maior acerto contrariou a descrença da academia aos planos populistas. Lula transformou os planos distributivistas do governo FHC no retumbante Bolsa Família. Os resultados foram evidentes. Apesar de seu populismo descarado, o fato é que uma camada enorme da população foi trazida a um patamar mínimo de vida.
Não me cabem considerações próprias a estudiosos em geral, jornalistas, economistas ou cientistas políticos. Meu discurso é outro: é a democracia que permite a transformação do país. A dinâmica democrática favorece a mudança das prioridades. Todos os indicadores sociais melhoraram com a democracia. Não foi o Lula quem fez. Votando, denunciando e cobrando foi a sociedade brasileira, usando as ferramentas da democracia, quem está empurrando o país para a frente. O PT tem a ver com isso. O PSDB também tem assim como todos os cidadãos brasileiros. Mas não foi o PT quem fez, nem Lula, muito menos a Dilma. Foi a democracia. Foram os presidentes desta fase da vida brasileira. Cada um com seus méritos e deméritos. Hoje eu penso como deva ser tratada a nossa democracia. Pensei em três pontos principais.
1) desprezo ao culto à personalidade;
2) promoção da rotação do poder; nossos partidos tendem ao fisiologismo. O PT então...
3) escolher quem entenda ser a educação a maior prioridade nacional.
Por falar em educação. Por favor, risque meu nome de seu caderno. Meu voto não vai para Dilma.
SP, 25/10/2010

Ruth Rocha- escritora

Blog do Ricardo Noblat

Pro dia nascer feliz


"Empregam-se os espelhos para ver o rosto; a Arte, para ver a alma."

GEORGE BERNARD SHAW

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Amigo é coisa pra se guardar.....

Não. Não é do lado esquerdo do peito. E sim nas costas. Só não precisava tatuar um pênis para simbolizar esta amizade... Mas a notícia é fresquinha e está no site Planeta Bizarro:

"Um australiano de 21 anos foi acusado de tatuar um pênis de 40 centímetros nas costas de um amigo. A vítima de 25 anos teria pedido para ele fazer uma tatuagem oriental, mas, em vez disso, ele desenhou um falo gigante, segundo reportagem do jornal "Queensland Times".
De acordo com o detetive Paul Malcolm, o jovem de 25 anos queria um desenho com o símbolo Yin-Yang e dragões. No entanto ele não tinha ideia do que o tatuador iria fazer. Segundo a vítima, não havia mais ninguém na sala no momento da tatuagem.
A polícia alega que os dois tiveram um desentendimento e que a vítima teria ofendido o tatuador, que não é profissional. O agressor terá que comparecer em uma audiência no tribunal de Ipswich no dia 15 de novembro.
O homem de 25 anos vai precisar remover a tatuagem com laser. Segundo especialistas, ele pode ter que gastar entre 600 e 2 mil dólares australianos (entre R$ 1 mil e R$ 3.350) para remover o desenho."

Ele tá querendo aparecer...

Morre Romeu Tuma

O gabinete do senador Romeu Tuma (PTB-SP) informou nesta terça-feira que o senador morreu no Hopital Sírio-Libanês, em São Paulo. O corpo será velado na Assembléia Legislativa de São Paulo. As informações são da Agência Senado.
Tuma (PTB-SP) estava internado no Sírio-Libanês desde o dia 1º de setembro para tratar um quadro infeccioso de afonia (perda ou diminuição da voz). Além de exigir cuidados médicos, o problema impediu Tuma de fazer campanha nestas eleições. O candidato ficou em quinto na disputa pelo Senado em São Paulo e não se reelegeu.

Programação da campanha de Dilma em Campos

Recebemos da amiga Ana Paula Motta e aí está a agenda na cidade para os eleitores de Dilma. Caso os eleitores de Serra tenham uma programação, divulgaremos da mesma forma. Aqui prezamos a democracia e a liberdade de escolha de cada um:


26/10-Terça-feira : Educação com Dilma-Ato às 13h no Calçadão
Panfletagem na FDC (Manhã e Noite) e no Terminal Rodoviário Urbano (Tarde)


27/10-Quarta-feira: Panfletagem na FAFIC (Noite)


28/10-Quinta-feira: Panfletagem no terminal Rodoviário Urbano (Manhã/Tarde e Noite)


29/10- Sexta-feira: Panfletagem na Pelinca(Manhã/Tarde e Noite)


30/10 - Sábado: Carreata DILMA 13 com saída às 14h na Avenida José Carlos Pereira Pinto, próximo ao HGG

Nota de falecimento

Ontem à noite na Alemanha, mais precisamente no oceanário Sea Life, situado na cidade alemã de Oberhausen faleceu um dos personagens mais comentados neste ano de 2010. Paul, o polvo profeta que acertava tudo na época da Copa do Mundo (. Será que a FIFA vai homenageá-lo com um minuto de silêncio nas partidas desta semana?Tenho minhas dúvidas.
Mas o certo é que em Oberhausen, Paul ganhará uma estátua. Não é nada, não é nada. Não é nada mesmo.

Sociedade Juris


### Enfim, uma vitória contra o preconceito e o conservadorismo, que estão dominando cada vez mais o Brasil, a ponto de decidir uma eleição.
Decisão do desembargador Ferdinaldo Nascimento, da 19ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio confirmou a declaração de união homoafetiva entre as professoras Júlia e Valéria, que viveram juntas por 11 anos, e reconheceu o direito de Valéria à herança do único bem do casal, um apartamento em Campo Grande, bairro da capital carioca. Segundo o magistrado, para enfrentar essa questão, não se pode desprezar os princípios da dignidade da pessoa humana, da liberdade e da busca pela felicidade.
A via crúcis de Valéria começou no começo de novembro de 1995, quando sua companheira faleceu em virtude de um infarto fulminante. A partir daí, ela passou a viver uma situação bem complicada, já que Júlia possuía uma renda maior, e como todos sabem, não é fácil viver como professora no Brasil, ainda mais em nosso estado.
Na sentença de 1º grau, do juízo da 3ª Vara Cível Regional de Bangu, foi reconhecida a sociedade como união homoafetiva e a parcela de apenas 20,62% do imóvel adquirido pelo casal na constância da união. O pedido da autora relativo à herança foi julgado improcedente, assim como o dos réus, irmãos da falecida, que queriam a fixação de uma taxa de ocupação do imóvel em questão.
Segundo o magistrado, 50% do imóvel já pertencia à autora mesmo antes do óbito de sua companheira. “Conforme se infere da certidão de ônus reais acostada nos autos, o bem foi adquirido em partes iguais, na razão de metade para cada uma, posto que as proprietárias não fizeram constar percentuais diferenciados na ocasião do registro”.
O desembargador afirma que a autora tem direito à totalidade da herança deixada pela falecida, correspondente aos outros 50% do imóvel. “Não podemos tratar a presente causa como mera sociedade de fato, eis que Valeria e Julia não se uniram com affectio societatis e sim a partir de laços de amor, afeto e intimidade com o único objetivo de formar uma entidade familiar. A união que perdurou por longos anos se sustentava no afectio maritaris, mesmo em se tratando de pessoas do mesmo sexo”, disse.


### A 4ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça atendeu parcialmente a apelação da Google do Brasil Internet Ltda., após decisão da juíza da 15ª Vara Cível Central, que julgou procedente ação movida pelo piloto Rubens Barrichello em ação de indenização por danos morais.
Barrichello ajuizou a ação para que a Google, provedora de serviços pela internet, se responsabilizasse pelos conteúdos disponibilizados em seus domínios, entre eles o orkut,com.

Em seu pedido, o piloto queria “que fosse excluído conteúdo lesivo à sua imagem (comunicados e perfis criados por terceiros), bem como ser indenizado pelos danos morais sofridos em razão da conduta ilícita de usuários do serviço e da mora em corrigir a situação”.
Em primeira instância, a Google havia sido condenada ao pagamento de indenização de R$ 850 mil por danos morais mais R$ 50 mil para cada novo perfil falso inserido no domínio.
Em seu voto o relator do processo, desembargador Francisco Loureiro, afirma que “a autoria e, consequentemente, a responsabilidade primária pelo conteúdo das páginas é dos usuários, não do provedor, que apenas disponibiliza um espaço para que estes dêem vazão à sua criatividade”. O relator prossegue com a citação do entendimento da jurisprudência do TJSP, no sentido de que “com relação à responsabilidade dos chamados provedores de serviço, predomina na doutrina o princípio de que não respondem pela conduta dos usuários, salvo quando notificados da prática de um ato ilícito realizado ou em vias de ser praticado”.
A ilicitude na conduta da ré, portanto, “somente surge no exato momento em que, tomando ciência do conteúdo ilícito dos perfis e comunidades, nega-se a retirá-los sem justificativa plausível”, completa.
A Google foi notificada em 16 de junho de 2006 e respondeu em 12 de julho, afirmando ter encaminhado o pedido à Google norte-americana, sobre a qual não tem qualquer ingerência ou controle. Na fase de apelação a Google trouxe ao processo a prova de que os perfis falsos foram removidos em 29 de julho de 2006.
O valor da indenização por danos morais foi reduzido para R$ 200 mil e excluída a indenização de R$ 50 mil por cada novo perfil ou comunidade criados ao longo do processo. Além do relator, participaram do julgamento os desembargadores Enio Zuliani (revisor) e Teixeira Leite (3º juiz). A decisão se deu por votação unânime.

### Uma ex-funcionária do Banco do Brasil, que foi vítima de assédio moral por parte do gerente de uma agência em Cuiabá (MT) para cumprir metas, receberá indenização por assédio moral. A decisão foi da Terceira Turma do Tribunal Superior do Trabalho, que não conheceu do recurso de revista do banco.

Segundo a petição inicial, a trabalhadora informou que sofria pressões por parte do gerente e de seus prepostos para atingir metas determinadas pelo Banco do Brasil. Ela relatou que o gerente lhe tratava de forma autoritária e desrespeitosa.

A ex-funcionária alegou ainda que, ao perguntar para o gerente sobre qual lugar ela ocuparia após a reforma promovida na agência, ele teria respondido que: “se dependesse dele, ela deveria ficar no banheiro”. Ela relatou que tais tratamentos lhe causaram profundo desgosto íntimo que culminaram em sério comprometimento de sua saúde psíquica, levando-a a se afastar do trabalho.

Diante disso, ela propôs ação trabalhista contra o banco, requerendo, entre outras verbas, uma reparação por assédio moral. Ao analisar o pedido, o juízo de primeiro grau condenou a empresa ao pagamento R$ 50 mil de indenização. Inconformado com essa decisão, o banco recorreu ao Tribunal Regional do Trabalho da 23ª Região (MT). A trabalhadora, por sua vez, também recorreu ao TRT, insatisfeita com o valor da indenização, que considerou baixo.

O TRT manteve a sentença que reconheceu o assédio moral e, quanto ao valor da indenização, aumentou para R$ 100 mil. Segundo TRT, as testemunhas ouvidas no processo indicaram que o gerente do banco, ao cobrar as metas, constrangeu e ofendeu verbalmente a trabalhadora, extrapolando os limites do poder diretivo, levando-a a um clima de tensão extrema e insegurança permanente.

Conforme relata o acórdão do TRT, uma prova testemunhal que prestou serviço terceirizado à agência disse ter ouvido o gerente dirigir-se à empregada com palavras de baixo calão, bem como gesticulado e batido na mesa, apontando o dedo para a trabalhadora.

O banco interpôs recurso de revista ao TST, sob o argumento de que a trabalhadora não comprovou, de forma suficiente, o constrangimento e o sofrimento sofridos, capazes de ensejar indenização. Alternativamente, pediu a redução do valor da reparação.

O relator do recurso na Terceira Turma, ministro Alberto Bresciani, considerou correta a decisão do TRT. Para ele, a sujeição da ex-funcionária a tais práticas comprometeu a sua imagem perante os colegas de trabalho, desenvolvendo um sentimento negativo de incapacidade profissional.

Alberto Bresciani ressaltou ainda que, segundo a doutrina, o assédio moral provoca danos os mais variados à saúde da vitima, que passa a ter pesadelos, pensamentos repetitivos e baixa auto-estima, por exemplo. Nesse contexto, explicou Bresciani, incumbia ao empregador respeitar a consciência do trabalhador, zelando pela sua saúde mental e liberdade de trabalho, abstendo-se de práticas que importem exposição a situações vexatórias e degradantes.

Assim, a Terceira Turma, ao seguir o voto do relator, decidiu, por unanimidade, não conhecer do recurso de revista do Banco do Brasil, mantendo-se, na prática, a decisão do Tribunal Regional do Trabalho da 23ª Região (MT) que aumentou o valor da reparação à ex-funcionária.


### A Sociedade de Ensino Superior Estácio de Sá foi condenada a pagar indenização, a título de danos morais, no valor de R$ 4.080,00 pela demora na emissão, entrega e registro do diploma de um aluno bacharel em Direito. A decisão da 9ª Vara Cível de Niterói foi mantida pelo desembargador José Carlos Maldonado de Carvalho, da 1ª Câmara Cível do TJ do Rio.
O autor da ação, Lauricio Santiago Breis Ferreira, conta que concluiu o curso no primeiro semestre de 2006 e requereu o diploma em novembro do mesmo ano. No entanto, a empresa ré só disponibilizou o documento em maio de 2008, depois de ter sido formalmente citada da ação em andamento na Justiça.
Em sua decisão, o relator do processo, desembargador Maldonado de Carvalho, destaca que “a situação retratada no caso em exame trouxe ao autor um enorme desgaste, causa direta e imediata da revolta, do aborrecimento, do vexame e do constrangimento injustamente suportados, situações estas configuradoras do dano moral”.

Deve ser a chuva...


... que me fez lembrar de expressões e ditos populares em torno dela:
Comecei com esta:"Chovendo canivetes".Depois essa:"Chovendo a cântaros".
Não me contive e sai à procura de outras...
Daí encontrei:

"Sol ruivo de tarde, chuva de manhã."

"Sol com chuva, casamento de viúva."

"Chuva com sol, casamento de espanhol."


"Manhã ruiva, ou vento ou chuva."

"Céu pedrento, chuva ou vento."

"Quando a chuva começa na minguante vai até o mês entrante."

"Bugio ronca na serra... chuva na terra."

"Lua com circo (círculo) na lua, água traz no bico."

"Circo na lua, lama na rua."


"Choveu tanto, tanto... até cachorro bebeu água de pé."

"Choveu muito, como não se chovia desde o tempo da monarquia."

"Chove gatos e cachorros"


Paro por aqui.
Chega de "chover no molhado"...

Um presente de Veríssimo no dia do seu aniversário



Da Timidez
Extraído de: Comédias da Vida Pública, L&PM Editores

"Ser um tímido notório é uma contradição. O tímido tem horror a ser notado, quanto mais a ser notório. Se ficou notório por ser tímido, então tem que se explicar. Afinal, que retumbante timidez é essa, que atrai tanta atenção? Se ficou notório apesar de ser tímido, talvez estivesse se enganando junto com os outros e sua timidez seja apenas um estratagema para ser notado. Tão secreto que nem ele sabe. É como no paradoxo psicanalítico, só alguém que se acha muito superior procura o analista para tratar um complexo de inferioridade, porque só ele acha que se sentir inferior é doença.

Todo mundo é tímido, os que parecem mais tímidos são apenas os mais salientes. Defendo a tese de que ninguém é mais tímido do que o extrovertido. O extrovertido faz questão de chamar atenção para sua extroversão, assim ninguém descobre sua timidez. Já no notoriamente tímido a timidez que usa para disfarçar sua extroversão tem o tamanho de um carro alegórico. Daqueles que sempre que-bram na concentração. Segundo minha tese, dentro de cada Elke Maravilha existe um tímido tentando se esconder e dentro de cada tímido existe um exibido gritando "Não me olhem! Não me olhem!" só para chamar a atenção.

O tímido nunca tem a menor dúvida de que, quando entra numa sala, todas as atenções se voltam para ele e para sua timidez espetacular. Se cochicham, é sobre ele. Se riem, é dele. Mentalmente, o tímido nunca entra num lugar. Explode no lugar, mesmo que chegue com a maciez estudada de uma noviça. Para o tímido, não apenas todo mundo mas o próprio destino não pensa em outra coisa a não ser nele e no que pode fazer para embaraçá-lo.

O tímido vive acossado pela catástrofe possível. Vai tropeçar e cair e levar junto a anfitriã. Vai ser acusado do que não fez, vai descobrir que estava com a braguilha aberta o tempo todo. E tem certeza de que cedo ou tarde vai acontecer o que o tímido mais teme, o que tira o seu sono e apavora os seus dias: alguém vai lhe passar a palavra.

O tímido tenta se convencer de que só tem problemas com multidões, mas isto não é vantagem. Para o tímido, duas pessoas são urna multidão. Quando não consegrie escapar e se vê diante de uma platéia, o tímido não pensa nos membros da platéia como indivíduos. Multiplica-os por quatro, pois cada indivíduo tem dois olhos e dois ouvidos. Quatro vias, portanto, para receber suas gafes. Não adianta pedir para a platéia fechar os olhos, ou tapar um olho e um ouvido para cortar o desconforto do tímido pela metade. Nada adianta. O tímido, em suma, é uma pessoa convencida de que é o centro do Universo, e que seu vexame ainda será lembrado quando as estrelas virarem pó."

Luis Fernando Veríssimo

Pro dia nascer feliz


"Eu perdi o meu medo, o meu medo da chuva
Pois a chuva voltando prá terra traz coisas do ar.
Aprendi o segredo,o segredo da vida
Vendo as pedras que choram no mesmo lugar..."


Raul Seixas

Chegando a hora. Graças a Deus!!

Já estou enjoado dessa campanha há tempos. Dois candidatos chatos pra cacete, sem carisma, sem sinceridade no olhar e seus próprios eleitores mais ferrenhos só não confessam isso em público para não perder votos. Vou fazer como o Caetano: se a Dilma já ganhou, começo a torcer por ela. E a orar muito, mas muito mesmo pelo nosso Brasil.
A única coisa interessante do segundo turno foi "baixar a bola" de Lula que estava impossível. Ninguém no pt esperava por isso. Mas como inventaram uma candidata, foi o preço que se pagou. Já nós, eleitores, pagamos o preço de aguentar "duas malas sem alça" até o fim de outubro.
Fazer o quê....

Mais do mesmo.

Como tinha dito ontem, não assisti o debate da Record. Mas o curioso é ver a opinião de quem assistiu. Para blogueiros petistas, Dilma foi melhor. Para simpatizantes do Serra, o tucano se deu bem.
Que coisa sem graça.

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Programação SESI Campos em novembro


Para melhor visualizar, clique na imagem.

Debate hoje na Record. Você sabia?

Pois é. Hoje às 11 da noite começa mais um debate entre Dilma e Serra. Desta vez na Record. Sinceramente não verei. Acho que não apresentarão novidade nenhuma. Aquela troca de acusações que já conhecemos e que já encheu o saco.
Fora que o CQC é bem melhor.....

Vox Populi: Dilma tem 49%, Serra 38%, indecisos 7%

Do IG:

"Pesquisa Vox Populi/iG publicada nesta segunda-feira mostra que, a menos de uma semana das eleições, a candidata do PT ao Palácio do Planalto, Dilma Rousseff, mantém a dianteira sobre o tucano José Serra na corrida presidencial.
A ex-ministra da Casa Civil oscilou dois pontos para baixo em relação ao levantamento realizado pelo instituto entre os dias 15 e 17 de outubro e agora conta com 49% das intenções de voto. Com isso, ela tem uma vantagem de 11 pontos sobre Serra, que perdeu um ponto e aparece com 38%.
O número de eleitores que pretendem votar nulo ou em branco ainda é de 6% - mesmo índice contabilizado na última pesquisa. O Vox Populi apontou, no entanto, aumento do número de eleitores indecisos ou que não responderam ao questionário: de 4% para 7%.
Considerando-se apenas os votos válidos, Dilma seria eleita com 57% contra 43% de Serra. De acordo com esse critério, a distância entre os dois candidatos é de 14 pontos, igual à apontada pelo último levantamento. Ainda assim, 88% dos eleitores ainda afirma, porém, que já tem certeza da decisão tomada.
O Vox Populi ouviu 3.000 pessoas em 214 municípios, entre os dias 23 e 24 deste mês e, portanto, já refletem a repercussão de episódios que marcaram o debate presidencial na semana passada, como o tumulto em um compromisso de Serra no Rio de Janeiro. A margem de erro é de 1,8 ponto percentual. A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral sob número 37059/10 em 20 de outubro."

Avyadores sem Luizz é Legião sem Renato Russo

Última foto de  Luizz Ribeiro atuando no comando dos Avyadores

No último sábado à noite, nossa Campos perdeu um de seus maiores expoentes na música popular, em especial do rock e do blues feitos aqui pela planície Goytacá. Pegava seu último voo aqui por estas bandas o “Avyador” Luizz Ribeiro, que ao longo da sua carreira não se rendeu a modismos, estéticas musicais e levou adiante seu ideal, para quem quisesse ouvir música de qualidade.

Quando comecei a me entender por gente, já ouvia falar de um tal Luiz “Negão” e sua guitarra, a bordo de uma tal banda chamada “Lúcia Lúcifer”. Era Luiz, dando seus primeiros passos na cena musical de Campos e que logo em seguida criaria os Avyadores do Brazyl, no apagar das luzes do regime militar. Lá se foram 28 anos à frente da banda. Muitos músicos por ela passaram, mas o “Brigadeiro” se manteve firme no propósito que acreditava: “a guitarra foi feita pra música, e não vice-versa”.

Sempre acompanhei os Avyadores como fã e foi com muita honra que em 1997 tive a oportunidade de estar lado a lado com Luiz no palco com a Big Band Blues Show. Como o nome sugeria, éramos 7 músicos fazendo blues e soul music. A ideia era ser uma espécie de banda paralela de todos os integrantes e sempre com uma rotatividade de músicos fazendo parte do Projeto. Fizemos duas apresentações somente. Quem conhece o meio sabe como é difícil manter uma rotina de ensaios para um “power trio”, o que pensar de 7 músicos?

Mas foi o suficiente para conhecer o profissionalismo com que Luizz Ribeiro encarava a música. Fazia questão de chegar no horário e sempre com as músicas devidamente ensaiadas de casa.

Continuei ao logo do tempo, sempre que podia, acompanhando os Avyadores nos mais variados lugares. Quando ia ao Picadilly ver a Red&Blues tocar (todas as sextas e sábados), não saía de lá sem ouvir uma de minhas músicas prediletas, “Cinco Horas Blues” de autoria do próprio Luizz Ribeiro. Sempre pedia essa e ele fazia questão de tocar, acompanhado pelo restante do grupo. Como negar um pedido de fã? Devia se perguntar...

Luiz era um sujeito de poucas palavras e muitas atitudes. Mesmo combalido pelo câncer descoberto no ano passado, fazia questão de manter a rotina de ensaios e shows. Era a forma de expressar seu sentimento e sua paixão pela música.

Esse ano tive mais uma honra, ao ser convidado por ele e seu parceiro de longas datas, que retornara a banda, Sérgio Máximo, a fazer parte dos Avyadores como produtor e ainda  fazer assessoria de imprensa para o  grupo. Era uma inovação para a cena da música campista. Sempre à frente de seu tempo, Luizz acreditava que estaria dando um passo adiante na carreira e dava um chega pra lá na doença.

Avyadores: Sérgio, Juan, Junior e Luizz
No último dia 2 de outubro a banda se apresentou em Rio das Ostras no bar Bossa & Blues. Luizz estava feliz em poder voltar à atuar em outras plagas. Era sua música “invadindo” outros territórios novamente. Até chegamos a pensar em ficar pela Região dos Lagos, aproveitando o domingo de eleição. Mas ele, sem titubear emendou: eu preciso voltar para votar nos meus candidatos”. Votou na Dilma para presidente.

Quis o destino que eu fosse o responsável pela última foto dele no palco e pelo “furo” mais triste para um jornalista, ao divulgar a morte de um amigo. Foi aqui no blog e no blog dos Avyadores, dando a notícia que ele havia partido para uma viagem, rumo à eternidade. Não posso negar, as lágrimas caíram sobre as teclas...

Talvez ainda seja cedo para a maioria dimensionar o tamanho da perda para nossa música. Coisa que o tempo se encarregará de fazer.

O grupo que  montou e que recentemente formava os Avyadores do Brazyl já decidiu continuar à levar adiante sua música. Mas com outro nome. Entra em cena a Banda 401, que terá no comando o então co-piloto Sérgio Máximo. O batismo é em homenagem à música “Alguma Coisa vai Acontecer no 401", do comandante Luizz.

A marca “Avyadores do Brazyl” vai junto com seu criador, pois Avyadores sem Luizz Ribeiro é como Legião Urbana sem Renato Russo.