sábado, 2 de março de 2013

Linda festa no Arizão!








Uma tarde maravilhosa!
Reencontro com Ana P.O. e Patricia, amigas que amo, depois, assistir ao clássico campista junto de minha esposa, meu primo e seus filhos e, por fim, uma emocionante virada do Goytacaz!
Quero antes de tudo parabenizar à torcida do Americano, que mesmo em número menor, fez uma linda festa! Trata-se de um time jovem, mas acredito que tende a crescer. O time abriu o placar com 1 minuto de jogo com Isac, mostrou vontade de vencer o tempo todo, mas no finalzinho acabou levando um gol.
Já o Goyta, que, conforme esperado, teve a presença maciça de sua apaixonada torcida, não fez um bom jogo, mas no sufoco, levou a melhor. Muitos passes errados, inclusive do seu capitão, o experiente Ricardo Bóvio, acabaram irritando a galera diversas vezes. Mas o mesmo Bóvio foi fundamental em dois lances. No primeiro, fez um lançamento primoroso para o lateral esquerdo Jorginho que sofreu pênalti aos 40 minutos do segundo tempo. Clodoaldo perdeu. Minutos depois, fez outro lançamento muito bom para Claydir no lado direito. Depois de alguma confusão, o lateral direito do Goyta cruzou para Clodoaldo se redimir e marcar aos 44 do segundo tempo.
Uma explosão de alegria na Rua do Gás!!
E como valeu a pena sair de casa hoje. 
Para terminar um agradecimento especial aos amigos Gustavo Rangel (Guga) e Marquinho Cegueira que conseguiram ingressos para este cara curtir momentos tão especiais.

2 comentários:

walnize carvalho disse...

Querido Neto,
Da janela do meu aptº "assisti" o ir e vir de torcedores.
Vibração e alegria!

Gustavo Rangel disse...

o Goyta é o time da virada, o Goyta é o time do amor!!!