sábado, 19 de outubro de 2013

Hoje é dia de Vinicius





A primeira vez que me lembro em ouvir algo sobre Vinícius de Moraes, eu era moleque. Devia ter uns 7, 8 anos. Na verdade, tenho certeza que antes disso, de repente ainda na barriga de minha mãe, escutava suas composições. Mas minha memória afetiva me remete ao especial "A Arca de Noé", de 1980. Portanto, com 8 anos.
Vimos o especial e minha mãe depois comprou o LP. Era uma festa!! Como tudo lá em casa acabava em teatro, fazíamos performances sobre as músicas do espetacular e inesquecível programa! Escrevo isso, ouvindo as músicas e viajando no tempo. Emocionar-me é consequência...
Anos depois, comprei o cd para minha sobrinha Estela, ainda pequena. Entretanto, eu acabava escutando mais do que ela.
E a canção que mais marca é está aí: "A porta", com Fábio Jr.
Mas como esquecer clássicos como "O Pato", com MPB-4, "Corujinha", com Elis, "A Casa", com Boca Livre....
Vinícius tem e sempre terá uma importância enorme em minha vida. Como é bom começar o sábado reverenciando e lembrando o Poetinha!!!

Um comentário:

walnize carvalho disse...

Caro amigo Neto,
Vinícius era um apaixonado e apaixonante...