sexta-feira, 1 de março de 2013

Da série: Jesus não curtiu



Empresa de roupa registra seu nome como Jesus e causa alvoroço


Foi divulgado pelo conceituado jornal dos Estados Unidos, jornal Wall Street Journal, que uma empresa italiana de fabricação de roupas, registrou seu nome como Jesus, e lançou uma linha conhecida como “Jesus Jeans” que usa como slogan a frase “Chi mi ama, mi seua” (Se me ama, me siga).

Também foi registrada uma patente da empresa nos Estados Unidos, em 2007, e desde esta data, os advogados da empresa estão pedindo para que as outras marcas que tem a palavra Jesus em suas confecções, tirem os produtos de circulação.

Os advogados da empresa alegam que  estão fazendo este alerta para proteger o valor de sua propriedade. “Se alguém – pequena igreja ou até mesmo uma grande igreja – quiser usar "Jesus" para a impressão de algumas camisetas, não me importo”, disse Domenico Sindico, conselheiro geral da empresa BasicNet, detentora da marca Jesus Jeans.

A empresa de vestimentas “Jesus Surfed Apparel Company” depois do pedido dos advogados, eles tiveram que retirar de circulação sua marca “Jesus Surfed” (Jesus surfou, o nome é uma alusão do fato de Ele ter andado por cima das águas). “Quando eu descobri que alguém tinha a marca registrada do nome de Jesus eu entrei em estado de choque”, afirmou o empresário MJ Anton, que é fundador da “Jesus Surfed”.

A empresa conhecida como Jesus Jeans, ainda pretende obter o registro em outros países como China, Austrália, Turquia, Noruega, Suiça e Cuba, mas não obteve sucesso nas tentativas, pois estes países negaram a aceitar que fosse registrada uma patente com o nome de Jesus.

Nenhum comentário: