segunda-feira, 28 de maio de 2012

Sabe aquele dia?


Walnize Carvalho

Sabe aquele dia?
em que a manhã chega
Você abre o fogão para fazer o café:
O gás acabou.
Você pede o gás
Custa a chegar
Mas
quando chega
O entregador
lhe entrega junto de um sonoro bom-dia
um largo sorriso?

Sabe aquele dia?
que durante a manhã
você abre o computador
e a net não lhe deixa: postar no blog,ler seus e mails, saber das notícias...
E você se resigna
Olha pela janela e vê um lindo dia
lhe convidando a sair...
E saindo sente pela calçada
o aroma de florezinhas de um arbusto verdinho?

Sabe aquele dia?
Em que a tarde chega
E ao atravessar a rua
O sinal luminoso fecha
Mas...
de um carro
uma criança
abre uma cara de alegre e lhe dá um aceno?

Sabe aquele dia?
Em que a noite chega
Você volta pra casa
cansada
busca o livro que comprou:
O filho levou...
Busca outro
para lhe fazer companhia e embalar seu sono
E o que puxa na estante
é
POLLYANNA?...

PS: Dedico este post de hoje a todos aqueles que, como eu, vez por outra, fazem como Pollyanna: “O jogo do contente”.

Nenhum comentário: