domingo, 27 de maio de 2012

Rapidinhas do domingão







Com informações dos jornalistas Lauro Jardim, Ancelmo Gois e Ricardo Boechat:

UM MILHÃO DE AMIGOS

Como Carlinhos Cachoeira, que está com os seus bens bloqueados, conseguiu pagar Márcio Thomaz Bastos, cujos honorários para a causa são de 15 milhões de reais? Bastos diz que, em situações assim, amigos costumam liquidar a fatura.
Por Lauro Jardim


O AMOR E O PODER

Rosana, a cantora daquele sucesso "O amor e o poder", está brigando com o Google.
Alega que, apesar de ter mandado vários e-mails, inclusive com sua certidão de nascimento (07-03-68), o site insiste em deixá-la com 58 anos e não com seus 44 (14 a mais, portanto).

(Ancelmo Gois)

EM TODAS


O engajamento em causas politicamente corretas não foi a única plataforma de projeção de Camila Pitanga. Ela é a personalidade brasileira que mais apareceu em inserções de comerciais de TV este ano — 2 427 de janeiro a 24 de maio. Só com a campanha da CEF desbancou Neymar e Gisele Bundchen — queridinhos dos publicitários em 2011.
Por Lauro Jardim

FATOR ODEBRECHT

Veja como o pessoal da Odebrecht não perde tempo.
A empresa, que constrói 4 estádios para a Copa de 14 (Rio, São Paulo, Bahia e Pernambuco) faz prospecções de negócios no Qatar já com vistas à Copa de 22.

(Ancelmo Gois)

Educação

Lista misteriosa
Democracia e transparência combinam. Daí ser estranho que há cerca de um mês para a escolha de 12 novos membros do Conselho Nacional de Educação o MEC não anuncie quem está no páreo. Por lei podem indicar candidatos 32 entidades, como a SBPC e a Academia Brasileira de Ciências. A função não tem salário, mas o poder nas mãos de um conselheiro (como aprovar a criação de cursos superiores) resulta em duras disputas e lobby político.


Ricardo Boechat

DEVE SER TERRÍVEL

Notícia de alto da página do jornal inglês "The Telegraph", quinta, sobre a descoberta de fraude em ofertas do tipo pague dois e leve três: "Supermercados enganam consumidores com ofertas especiais duvidosas."

(Ancelmo Gois)

NO TOPO

Em 2011, as Casas Bahia mantiveram o posto de o maior anunciante do Brasil, de acordo com o ranking que o Meio & Mensagem divulgará nos próximos dias. Investiram 1,2 bilhão de reais em propaganda.
Entre os dez mais, o destaque é a Cervejaria Petrópolis (447 milhões de reais). Entre 2010 e 2011, aumentou 50% sua verba publicitária e pulou do nono para o quarto lugar, imediatamente atrás da Ambev.
Eis a lista dos dez maiores:
Casas Bahia (1,2 bilhão de reais)
Unilever (995 milhões dereais)
Ambev (516 milhões de reais)
Petrópolis (447 milhões de reais)
CEF (428 milhões de reais)
Reckitt (415 milhões de reais)
Procter&Gamble (372 milhões de reais)
Volkswagen (336 milhões de reais)
Hyundai Caoa (321 milhões de reais)
Petrobras (309 milhões de reais)
Por Lauro Jardim

OAB

Tá valendo
Ir a uma CPMI e nada falar para evitar a autoincriminação, como fizeram Carlinhos Cachoeira e os arapongas Idalberto Matias de Araújo e Jairo Martins de Sousa, irrita a muitos brasileiros, mas não ao presidente da OAB, Ophir Cavalcante. “É um profissional do direito atuando na defesa do seu cliente, a partir do estudo do caso”. Aliás, Márcio Thomaz Bastos não deu muita bola para as criticas que recebeu, por sugerir silêncio ao bicheiro. Diz ter exercido o seu papel. Bastos já presidiu a OAB.


Ricardo Boechat



Nenhum comentário: