quarta-feira, 30 de maio de 2012

Após quebra de sigilo da Delta, pode sobrar para Garotinho



Integrantes do bloco que defende Sérgio Cabral e Agnelo Queiroz na CPI mista do Cachoeira foram orientados a vasculhar com lupa os dados bancários da Delta nos anos em que a empreiteira faturava alto com o casal Garotinho no governo do Rio de Janeiro. O movimento é uma espécie de vingança contra Anthony Garotinho por ter revelado as fotos das animadas festas de Cabral na Europa.


Do blog de Lauro Jardim

Nenhum comentário: