sexta-feira, 18 de maio de 2012

Estudante que ofendeu nordestinos pelos twitter é condenada

A estudante M.P.P. foi condenada a 1 ano, 5 meses e 15 dias de prisão pelo crime de racismo, após usar o Twitter para proferir ofensas a nordestinos no dia em que foi anunciada a vitória de Dilma Rousseff sobre José Serra no segundo turno das eleições presidenciais de 2010. De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, a pena foi convertida em prestação de serviço comunitário e pagamento de multa.

A decisão foi tomada pela juíza da 9ª Vara Federal Criminal em São Paulo, Mônica Aparecida Bonavina Camargo. Cabe recurso.

"Nordestisto (sic) não é gente. Faça um favor a Sp: mate um nordestino afogado!", escreveu a estudante, que foi demitida do emprego na época por conta da repercussão do caso. Os maiores índices de votação de Dilma foram registrados na região Nordeste, o que motivou comentários ofensivos nas mídias sociais.

De acordo com a defesa de M.P.P., a jovem não é preconceituosa e que não tinha a intenção de ofender. Ela declarou que está envergonhada e arrependida.

Fonte: Jornal Jurid





Nenhum comentário: