quarta-feira, 12 de junho de 2013

Do "Baú" do "Sociedade"

Facebook X Google
Da Veja on-line:
" Aos 41 anos, o escritor americano Ben Mezrich é considerado um dos maiores desafetos de Mark Zuckerberg, a grande mente por trás do Facebook - a mais numerosa e bem-sucedida rede social do planeta, com 500 milhões de usuários. Mezrich conquistou a antipatia de Zuckerberg ao reconstituir a história dos bastidores da criação do site e dar a ela o título de Bilionários por Acaso: A Criação do Facebook, Uma História de Sexo, Dinheiro, Genialidade e Traição. A história virou livro (Intrínseca, 232 páginas, 29,90 reais), e o livro, filme: A Rede Social, que estreia nos cinemas brasileiros na proxima sexta-feira. Ciente de que a história que emergiria das páginas do livro não era a que ele esperava, Zuckerberg não cedeu sequer um minuto ao "biógrafo" do Facebook. Isso, contudo, não impede Mezrich de reconhecer a genialidade do criador e da criatura. "Mark tem elementos de Bill Gates e Steve Jobs. E também é único", diz o escritor, a respeito do criador. E profetiza acerca da criatura: "O Facebook será maior do que o Google". Confira a seguir a entrevista que Mezrich concedeu ao site de VEJA.

Leia também: Facebook vai sofrer para bater Orkut no Brasil

Como surgiu a idéia de escrever um livro sobre o Facebook?
Um estudante da universidade de Harvard me enviou um e-mail dizendo que seu amigo era de fato o cofundador do Facebook. Mas ninguém o conhecia. Marquei diversos encontros e fui apresentado ao brasileiro Eduardo Saverin. Também estudante da instituição, ele relatou sua história, repleta de drama, e com boas chances de virar um livro. Foi minha primeira fonte. Demorei aproximadamente um ano para concluí-lo.

Quantas conversas você manteve com Saverin?
Ao todo, passei seis meses falando com Eduardo. Ele veio falar comigo por ser fã de um livro meu, Bringing Down the House, e, durante nosso bate-papo, percebi que era uma pessoa séria. Gostei bastante de conhecê-lo.

Em Harvard, o sexo é sinônimo de recompensa?
Em qualquer faculdade, o sexo e a criação de laços sociais são aspectos cruciais da vida. É neste espaço que você constrói sua vida social e profissional.

Então, podemos dizer que o Facebook começa, aparentemente, incentivado pelo desejo de fazer sexo?
Por se tratar de pessoas socialmente desajeitadas e que tiveram dificuldades de conversar com garotas, criar uma rede social permite maior sociabilidade. Portanto, é um modelo que é incentivado pelo sexo.

O que faz o Facebook ser tão grande?
Facebook é uma rede social perfeita. Aos cadastrados, fica a sensação de que a vida off-line foi toda transferida ao mundo virtual construído no site. Além disso, o espaço foi criado como algo bem exclusivo, direcionado anteriormente apenas aos estudantes de Harvard. Uma vez aberto ao grande público, todas as pessoas conectadas queriam fazer parte.

Por que Zuckerberg não concedeu nenhuma entrevista para o livro?
Passei um ano tentando agendar a entrevista. Foi um fracasso. Não obtive resposta. Mark já sabia que não poderia pautar ou controlar o que eu iria escrever. Ele já sabia, é claro, que eu conversara com pessoas que se sentiam traídas por ele. E ele simplesmente não quis mostrar seu ponto de vista.

Qual a sua opinião sobre o livro O Efeito do Facebook, de David Kirkpatrick?
David é um bom jornalista, mas escreveu um livro com total colaboração de Mark Zuckerberg. É apenas a história do fundador do Facebook e nada mais. Ele conta uma história bonita da empresa, mas sem falar com Eduardo ou os gêmeos Winklevoss (ex-estudantes de Harvard que alegavam que Zuckerberg roubara deles a ideia do Facebook. Na Justiça, os gêmeos ganharam a causa e 65 milhões de dólares), por exemplo. É uma abordagem subjetiva e sem nenhum detalhe que Mark não aceitasse. Uma pena, pois perde-se uma chance de contar a principal história sobre a fundação de um gigante da web.

Em entrevista a VEJA, David Kirkpatrick disse que Zuckerberg é o novo Bill Gates. Você concorda?
Mark tem elementos de Bill Gates e Steve Jobs. E também é único.

Você assistiu ao filme A Rede Social?
O filme conta detalhes do livro e é realmente fantástico. Cada cena da obra está presente no Bilionários por Acaso. Foi um ótimo trabalho de adaptação.

Zuckerberg é realmente um bilionário por acidente?
Mark nunca se preocupou com dinheiro – e era ingênuo. Apesar de ser um dos homens mais ricos do mundo, segue com a mesma vida. Ele conseguiu provar o que pode fazer e sempre foi uma pessoa muito fria. Mas de volta à sua pergunta: sim, ele é um bilionário por acidente. Não se esperava o crescimento tão vertiginoso de sua empresa.

Qual é o futuro do Facebook?
Facebook será o maior site do mundo, superior ao próprio Google. E tem boas chances de valer 100 bilhões de dólares um dia."

Nenhum comentário: