quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Morte em jogo do Corinthians na Libertadores



Do site da ESPN Brasil:

"A polícia boliviana confirmou no início da madrugada desta quinta-feira a morte de um torcedor do San Jose, chamado Kevin Douglas Beltrán Espada, de 14 anos, durante a estreia do Corinthians na Copa Libertadores, na altitude de Oruro. De acordo com o coronel Hector Fabio Rios, a vítima foi atingida por um artefato lançado pela torcida corintiana. O técnico Tite e o gerente de futebol Edu Gaspar se emocionaram com o incidente.
"Primeiramente, organizamos a segurança. Fizemos isso desde a manhã de hoje [quarta-feira]. Lamentavelmente tivemos esse incidente. Alguns torcedores do Corinthians atiraram um objeto cilíndrico tubular e impactou lamentavelmente, causando a morte do torcedor. Os torcedores do Corinthians foram identificados por profissionais da inteligência da polícia e foram detidos", disse Rios, em entrevista ao canal "Fox Sports".

O coronel afirmou que o garoto morreu ainda no estádo. "Ele foi atingido no rosto e faleceu quando recebia os primeiros socorros. A situação era muito grave", falou a autoridade, desmentindo que um outro torcedor estava ferido. "De maneira oficial, posso dizer que ele foi a única vítima."

Segundo Rios, os torcedores corintianos detidos ficarão à disposição das autoridades locais. "Eles passarão por uma audiência cautelar, que vai determinar a responsabilidade desse crime". O coronel negou qualquer possibilidade de deportação. "Todo estrangeiro que comete um delito em território boliviano está submetido às leis do país."
Antes do coronel, o técnico Tite e o gerente de futebol Edu Gaspar, mesmo sem falar, já indicavam que os torcedores corintianos foram responsáveis pela tragédia. Ambos, ao falarem com a imprensa, demonstraram muita emoção. 

"Tenho um filho que vai ver as partidas do Corinthians no Pacaembu e se senta ao lado da torcida rival. É como se eu sentisse na pele isso", disse o gerente de futebol do Corinthians, Edu Gaspar, em entrevista coletiva após a partida. Emocionado, o dirigente chegou a chorar ao falar com a imprensa.
 
 Ainda no primeiro tempo, as câmeras de TV mostraram integrantes da comissão técnica do Corinthians sendo retirada da área destinada a ela no estádio. Edu explicou o motivo. "As pessoas vieram contra a gente nos pressionando e xingando. Não conseguimos nem ver o segundo tempo, tivemos que sair. Infelizmente, soubemos dessa fatalidade. A partida de hoje perdeu completamente o sentido. Nossa volta para casa será dura, pensando nessa fatalidade. Não tem muito mais o que dizer a não ser lamentar. É impossível falar sobre futebol depois disso."

De acordo com as rádios "Globo" e "CBN", por volta de 0h15, os jornalistas brasileiros foram impedidos de deixar o estádio e ficaram em uma zona de isolamento. Fora do local, o clima continuava tenso, já que torcedores bolivianos faziam muito barulho e ameaçavam jornalistas e torcedores brasileiros. A grande maioria dos corintianos que assistiram ao jogo permanecia nas arquibancadas.

A situação só se acalmou pouco depois de 1h, quando os torcedores locais começaram a deixar os arredores do estádio. Assim, com tranquilidade, os brasileiros conseguiram deixar o local.

”A maturidade da torcida até nos impressionou. Mesmo com a raiva de alguns torcedores, a saída foi tranquila. Estamos contentes com a maneira como esse dia triste terminou", disse o coronel.

A tragédia acontece meses depois da Conmebol ter criado um comitê para punir atos extracampo de violência das torcidas depois do incidente ocorrido na final da Copa Sul-Americana do último ano, no Morumbi, entre São Paulo e Tigre.

Pela novo regulamento da Conmebol, um clube que tiver a culpa comprovada em qualquer evento extracampo corre o risco até de ser eliminado da competição."




Um comentário:

MANAH GÖNÇALVES disse...

FUTEBOL É ESPORTE E DEVE SER RESPEITADO POR TODOS, MAS BRIGAS, ARTEFATOS QUE CHEGAM A MATAR DEVE SER RESPONSABILIDADE DE CADA CLUBE. LAMENTO, MAS PARA QUE OS TORCEDORES APRENDAM A CURTIR O ESPORTE DE FORMA SAUDÁVEL É NECESSÁRIO QUE O CORINTHIANS SAIA DO CAMPEONATO. A PUNIÇÃO FARÁ A TORCIDA APRENDER A RESPEITAR. TAMBÉM SOU A FAVOR DE TODO TORCEDOR SER REVISTADO ANTES DE ENTRAR EM CAMPO. RESPONSÁVEIS AJUDEM A TERMOS UM ESPORTE SAUDÁVEL E TRANQUILO. PUNIÇÃO TOTAL PARA QUEM DESRESPEITAR.