quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Mulher de 81 anos é a entregadora de jornais mais velha do mundo

Foto:© Newsteam / SWNS Group

Do:G1
Joyce Pugh pedala por profissão há quatro décadas.
Para não abandonar assinantes, Joyce resolveu assumir tarefa dos filhos.
Marcos Losekann
Minsterley, Reino Unido

Para ela, não há tempo ruim nem caminho impossível.
Aos 81 anos, Joyce Pugh pedala por profissão. Há quatro décadas, é entregadora de jornais. Vai de casa em casa, de portão em portão, com sua bicicleta, entregar o Shropshire Star, o tabloide mais lido de Minsterley, região leste do País de Gales. Foi tudo uma questão de responsabilidade. Até 1971, eram os três filhos de Joyce, adolescentes na época, que faziam a entrega dos jornais. De uma hora para a outra, eles arranjaram novos empregos e largaram a profissão. Para não deixar os assinantes na mão, Joyce resolveu assumir a tarefa temporariamente. Gostou tanto que nunca mais largou
A mulher recebe o jornal diariamente em casa e percorre cerca de 8 km para entregar os 20 exemplares dos outros moradores da vila: leitores, mas, sobretudo, amigos.
Joyce diz que ama o que faz. Não só pelas 13 libras, o equivalente a R$ 45, que recebe por semana do jornal. ”Para mim, o que conta é a oportunidade de ser útil. Enquanto trabalho, não me sinto velha. E não tenho uma vida sedentária. Se Deus quiser, farei isso até completar 100 anos”, diz.
  Ainda faltam 19 para chegar lá, mas Joyce já entrou para a história.
Acaba de ser reconhecida pelo Livro dos Recordes como a entregadora de jornais mais idosa do mundo. Agora, ela é a notícia.

Nenhum comentário: