quinta-feira, 26 de julho de 2012

Dia da Avó...

...Hoje.

Mãe com adoçante

Walnize Carvalho

Volto de viagem. Dentro do ônibus folheio uma revista.
Deparo com a reportagem :“Mãe com açúcar” em que reúne “um charmoso time de vovós (celebridades) que irá comemorar o Dia da Avó.”
Na matéria as referidas mulheres falam com orgulho, vaidade e carinho das crianças-netas – suas gracinhas e travessuras. E, principalmente, das suas formas de agir com elas.
Cerro os olhos e me dou a meditar.
Algumas frases ficam no meu subconsciente para reflexão e comparação, já que também como elas detenho o honroso título de avó.
“Neto é filho com açúcar”; “Redescobri o sentimento de ser novamente mãe”; “Não tenho que educar, só mimar”; “É a prova de que estou envelhecendo...”, enumeram elas.
Reflito: semelhanças e controvérsias de sentimentos.
De minha parte, adoro estar com as netas. Sair com elas, brincar de “teatro”, contar histórias, ouvir confidências das já adolescentes e, principalmente ,desmistificar a tese de que avó “estraga”os netos. Um exemplo desta minha afirmativa é que em tempo algum ofereço-lhes alimentos (refrigerantes e doces, principalmente) sem o consentimento dos pais.
Outra característica minha: gosto de presenteá-las com mimos fora de “datas comemorativas”. Tanto para mim como para as meninas, o elemento surpresa é a chave da alegria e da descontração, o que acentua entre nós uma ponte invisível de ternura.
Sem querer ser exemplo ,apenas me permitir ser confessional, é a minha dica de um convívio salutar e literalmente “light”.Bom demais...e não engorda!

2 comentários:

Ana Paula Motta disse...

Você é mãe com mel, é natural, doce e é saudável.Beijão, Wal.

walnize carvalho disse...

ANINHA,pOR ISSO A TAXA DE GLICOSE TÁ ALTA!RS
bJS,
WAL