terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Garotinho não agrada



Não chega a ser novidade para quem acompanha minimamente a política nacional, mas fica o registro da nota publicada hoje na coluna Panorama Político, do jornalista Ilmar Franco, no jornal O Globo:

"Pressão total
Se o deputado Anthony Garotinho (PR-RJ) for escolhido líder da bancada na Câmara, interlocutores da presidente Dilma garantem que ela terá dificuldades em conviver com o PR na base aliada. O Planalto acha que Garotinho é foco de constantes conflitos e incontrolável. O ápice da desconfiança foi o episódio em que o deputado solicitou à Polícia Federal informações sobre a ex-chefe de gabinete da Presidência Rosemary Noronha, na esteira da Operação Porto Seguro. Para o Planalto, em vez de proteger e ajudar o governo numa situação de crise, Garotinho pode criar ainda mais problemas.

Um comentário:

Antonio Santos disse...

Acho que Garotinho, qualquer outro politico ou Promotor Publico não estarão errados exigindo a apuração de tais fatos. Independente de se participar da base do governo ou não, essas noticias têm de ser apuradas, pois se queremos um Pais transparente e responsavel, nada pode ficar esquecido ou não noticiado pelos meios de comunicação com a finalidade de manter a população distante de tais fatos.Esse tipo de atitude soh nos envergonha como nação,haja visto o recente incêndio na boate em Santa Maria onde a imprensa estrangeira nos acusa com uma serie de adjetivos nada agradaveis. A quem interessa esconder tais fatos? Se queremos realmente uma nação melhor, justa e soberana para todos, devemos mudar nossa mentalidade e esquecermos partidarimos e compradios.

Antonio Santos