quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Lá NÃO como cá...

Justin Bieber poderia ser preso ou pagar multa de R$ 20 mil se pichasse muro nos EUA

Do:Extra
As pichações feitas pelo cantor Justin Bieber, de 19 anos, no muro do desativado Hotel Nacional, em São Conrado, na Zona Sul, poderiam custar mais caro ao astro se tivessem sido feitas na Califórnia, estado norte-americano onde mora. Enquanto aqui no Brasil ele foi autuado pela Polícia Civil do Rio por pichar edificação urbana, nos Estados Unidos ele poderia ser preso por até um ano ou pagar multa superior a R$20 mil.
O Código Penal da Califórnia — nos Estados Unidos cada estado tem sua própria legislação — define como crime de vandalismo a prática de grafite em propriedade alheia. De acordo com o prejuízo causado, o autor pode ficar preso um ano ou pagar multa de até US$ 10 mil, cerca de R$22 mil.

Na noite desta quarta-feira, a Polícia Civil informou que Justin Bieber foi autuado pelo crime previsto no artigo 65 da lei federal 9.065, que trata do ato de pichar edificação ou monumento urbano. Por se tratar de um crime de menor potencial ofensivo, o caso será encaminhado ao Juizado Especial Criminal (Jecrim). A pena prevista para o crime é de três meses a um ano de detenção ou multa.
A Prefeitura do Rio havia dado autorização a Bieber para grafitar o muro da Vila Olímpica do Vidigal. Um dos seguranças do cantor contou em depoimento que a ida à comunidade carioca foi cancelada por questão de segurança. Segundo a Polícia Civil, a autorização dada pela prefeitura não se estendia a outros locais.
Na manhã de quarta, o delegado Antônio Ricardo Lima Nunes, titular da 15ª DP (Gávea), onde o caso foi investigado, ironizou o cantor.
— Ele achou que era uma área degradada e aí resolveu fazer aquilo. Mas ele vai levar uma lembrancinha bem boa do Brasil — disse.
A polêmica e a responsabilização pelo crime de pichação não parecem ter abalado Justin. Antes de ir embora do Brasil rumo ao Paraguai, nesta quarta, ele usou sua conta no Instagram para fazer um desabafo e falar sobre as polêmicas em que se envolveu. “Eu sou louco, sim. Isso é só o que o jogo fez de mim. Eu talvez precise substituir minhas caretas e talvez precise evitar as pessoas que não fazem com que eu me lembre de quem sou, mas eu vou sempre lembrar de quem sou”, escreveu na legenda de uma foto que tinha a seguinte pergunta: “Você realmente me conhece?”.









Nenhum comentário: