quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Campos comemora dia da Consciência Negra com descoberta de comunidades

DO:Jornal Terceira Via 

Cidade descobriu recentemente, outras duas comunidades quilombolas. Outras quatro já são reconhecidas pelo governo federal

Nesta quarta-feira (20 de novembro) é comemorado o Dia Nacional da Consciência Negra, data dedicada à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade. O dia é celebrado desde a década de 1960, embora só tenha ampliado seus eventos nos últimos anos.

A data foi escolhida por coincidir com o dia da morte de Zumbi dos Palmares, em 1695 e tem como objetivo fazer com que as pessoas se lembrem da resistência da raça à escravidão. O Palmares se refere ao local onde Zumbi formou seu quilombo, uma espécie de reino, que era auto sustentável e servia de local de fuga para muitos escravos negros escapados das fazendas, prisões e senzalas. O reino chegou a alcançar quase o tamanho de Portugal, ficava no interior da antiga Bahia, hoje estado do Alagoas, e a ter mais de 30 mil habitantes.

Em Campos, o Dia da Consciência Negra tem um significado ainda mais extenso e cultural, devido à presença de comunidades quilombolas na região. De acordo com o Presidente da Fundação Zumbi, Jorge Luiz dos Santos, são reconhecidas pelo governo federal, quatro comunidades, localizadas na região do Imbé.

“As comunidades de Conceição do Imbé de Batatal, de Aleluia e de Cambucá já estão reconhecidas. Já as comunidades Quilombo de Travessão e a Carobinho foram descobertas recentemente. São comunidades simples, mas que já estão integradas à sociedade. No total, são cerca de 240 famílias e 1500 pessoas remanescentes dos quilombos, de acordo com dados do nosso último levantamento”, ressaltou.

A cidade ainda é marcada por ser a terceira do Estado com o maior número de negros, de acordo com dados do Censo de 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), com mais de 65 mil pessoas que se consideram pretas. O município fica atrás somente do Rio de Janeiro (mais de 724 mil pretos) e de Duque de Caxias (mais de 123 mil pretos).

Curiosidades sobre a data

O dia da Consciência Negra tem algumas curiosidades que poucos conhecem como, por exemplo, que o Brasil é a segunda maior população de afro descendentes, ficando atrás apenas da Nigéria. No total, são cerca de 80 milhões de indivíduos que se declaram de raça negra. O país também foi o maior importador de escravos da história moderna.

Outra curiosidade é que o feriado continua sofrendo ataques de várias direções, seja de pessoas descontentes com o excesso de feriados, seja por meio de opiniões contrárias à valorização do negro na sociedade.

Atualmente no Brasil, mais da metade da população é de origem negra e descendes. Mas estes ganham salários mais baixos e morrem mais cedo em consequência do difícil acesso a cuidados de saúde, da precariedade das condições de vida e da violência.

 

Nenhum comentário: