terça-feira, 14 de agosto de 2012

Rio-16 vai custar bem mais que R$ 29 bi. E seja o que o Cristo Redentor quiser! - Por José Roberto Malía

E agora, o Brasil! Pois é, daqui a quatro anos a grande festa do esporte aterrissará na Cidade Maravilhosa dos bueiros voadores e morros uivantes. O futuro a Deus pertence, mas boa parte do seu, do meu, do nosso rico dinheirinho já se sabe para onde vai: os Jogos de 2016.

Com a transparência de um muro de concreto, o COB (caixinha, obrigado Brasil) ainda não fechou o orçamento. Porém, esbanjando subserviência, Carlos ‘Rolando Lero’ Nuzman, seus pares e ímpares já informaram que custarão bem mais do que o previsto em 2009, que foi de R$ 28,6 bilhões.

O cálculo do número de medalhas também é uma incógnita. Sabe-se apenas que Nuzman e prosélitos sonham com um Brasil olímpico no top ten.

No entanto, os ventos que andaram soprando dos organizadores britânicos não são nada agradáveis.

Eles só conseguiram chegar ao terceiro lugar no quadro de medalhas, depois de EUA e China, porque começaram a se preparar em 2000. Ou seja, 12 anos atrás, para colher os frutos em Londres.

Na Olimpíada de Sydney, o orçamento foi de R$ 175 milhões. Produto final: 28 medalhas. Em 2012, R$ 950 milhões e 65 pódios (29 de ouro). O Brasil gastou R$ 2 bilhões no ciclo Pequim/Londres. Balanço: 17 medalhas (dois ouros).

Até onde se sabe o planejamento para os Jogos de 2016 praticamente inexiste. Por enquanto, só a bandeira com os anéis. E seja o que o Cristo Redentor quiser.            
                                                                   #########
Pica-Pau. O governo deve anunciar nas próximas semanas um plano para a Rio-16, aumentando os recursos que estiveram disponíveis na preparação para a conquista das 17 medalhas em Londres, algo em torno de R$ 2 bilhões. Com mais dinheiro, espera colocar o Brasil olímpico entre os 10 primeiros daqui a quatro anos. No vácuo do tilintar das moedas, poderia fechar o cerco ao COB, fiscalizar melhor o destino dos recursos. Olho vivo, porque jacaré não se mete em escada rolante.

Sugismundo Freud. O mundo seria bem melhor se todos tivessem cérebro.

José Roberto Malía é jornalista e blogueiro da ESPN Brasil.

Nenhum comentário: