quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Viver em Marte?




Beatriz Roriz é estudante de Ciências Sociais e moradora de Jacarepaguá
Foto: Arquivo pessoal
Beatriz Roriz é estudante de Ciências Sociais e moradora de Jacarepaguá Arquivo pessoal
A estudante carioca Beatriz Roriz, de 21 anos, pode estar perto de se mudar para Marte. Ficção científica? Não, pelo menos para a empresa holandesa Mars One, que pretende instalar uma colônia humana no Planeta Vermelho a partir de 2023. O projeto, embora seja visto com ceticismo por muitos, já recebeu 100 mil inscrições de voluntários interessados em embarcar na viagem só de ida. Ao todo, seriam apenas 24 vagas. Mas Beatriz tem motivos para estar mais confiante, já que foi uma das quatro pessoas escolhidas para participar do documentário “One Way Astronaut”, que divulgará o programa e explicará os detalhes para quem se dispuser a morar em cúpulas em Marte.
— Sempre tive muito interesse pelo espaço e vontade de ser astronauta. Vi no Mars One uma oportunidade de exper imentar uma nova forma de viver, numa sociedade nova — diz Beatriz, moradora de Jacarepaguá e estudante de Ciências Sociais da UFRJ.
Qualquer pessoa com mais de 18 anos e com inglês fluente ainda pode se candidatar, até 31 de agosto — no Brasil a um custo de US$ 13. Os aspirantes a astronautas passarão por uma triagem feita pela Mars One. Os selecionados passariam por um treinamento, exibido num reality show para angariar recursos para a missão.
— O estranho sempre me é interessante. E seria um material de estudo muito amplo — diz Beatriz.

Fonte: O Globo

Nenhum comentário: