sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Rapidinhas do dia

*** Ao discursar ontem, o deputado Chico Alencar (PSOL-RJ) não foi poupado. Gritos vinham de deputados que estavam plenário: "Não chuta cachorro morto!"; "Não seja cruel com o Natan"; "Poupa o cara, ele já está ferrado”; "Tenha coração"; e “Chico, cala a boca”. (Ilmar Franco/O Globo)


                                                                 Charge: Jarbas

*** O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, enviou um projeto à Câmara dos Deputados, fixando em R$ 30.658,42 os salários dos ministros da Corte, a partir de 1º de janeiro de 2014. Atualmente, o salário de um ministro do STF é de R$ 28.059,29.
Barbosa alega que o reajuste é necessário para aliviar perdas decorrentes da inflação de janeiro de 2012 a dezembro deste ano.
A proposta será examinada pelas comissões de Constituição e Justiça, Administração e Finanças e Orçamento, que analisarão a sua constitucionalidade e o impacto financeiro no Orçamento.
Se aprovada, a medida impactará em cerca de R$ 149 milhões no orçamento do Poder Judiciário da União. (Jornal do Brasil)

*** Zeca Camargo, 50, está repassando sua vida e carreira no e-book "50, Eu?".

O jornalista e apresentador do "Fantástico" fala sobre sua chegada aos 50 anos.

O livro biográfico sai no próximo dia 6 de setembro.(Folha de São Paulo)

*** O diplomata Eduardo Saboia, responsável pela retirada do senador boliviano Roger Molina da embaixada brasileira em La Paz, ganhou uma alcunha no Palácio do Planalto e entre colegas de Itamaraty.
Desde a revelação do episódio, a turma só se refere ao diplomata como EduArgo Saboia, em referência ao personagem principal do filme Argo, que comandou uma missão para resgatar seis americanos de Teerã. (Lauro Jardim/Radar On line)

Nenhum comentário: