segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Queria

Walnize Carvalho

Queria
Juro que queria
um Natal                                                                        
Em que pudesse Acreditar no Papai Noel!
Mas...
Com tantos espalhados
Em cada esquina da cidade?!...

Queria
Juro que queria
Um Natal
Em que pudesse
Depositar meu sapatinho na janela
Mas...
Com ela toda gradeada?!...

Queria
Juro que queria
Um Natal
Em que pudesse
Enfeitar árvore frondosa da praça
Mas... Se ela foi ceifada
E Não há mais o canto sonoro dos pássaros?!...

Queria
Juro que queria
Um Natal
Em que pudesse
Sonhar com a neve
Mas... Esta se derreteu junto com meus sonhos?!...

Queria
Juro que queria
Um Natal
Em que pudesse ser
O próprio presente
Na vida dos que me querem bem.

Queria
Juro que queria
Um Natal
Em que pudesse
Achar
Que Todos soubessem
Quem é o ANIVERSARIANTE
Desta grande Festa!

Nenhum comentário: