sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Alô alô marciano!...

Abri devagarinho os olhos.
Uma luz amarelada invadia o ambiente.
Cerrei as pálpebras.
Ouvi um som alto e um forte vento corria sobre meu corpo.
Criei coragem e de um sovalanco sentei-me.
Olhei à volta.
O sol ,pela janela do quarto, sorria e percebi que me "fazia careta"!
  E o tufão,que minutos atrás,me assombrava?
Era o circulador de ar em máxima rotação.
Alívio! O mundo não acabou!
Fui preparar meu café ouvindo Elis...

Nenhum comentário: