quarta-feira, 10 de abril de 2013

Criador do pré- Google diz porque não registrou a ideia

"Quando Alan Emtage criou o primeiro sistema de buscas do mundo, em 1989, não imaginava que o serviço seria um dos grandes motores da internet.
A ferramenta, semelhante ao Google ou Bing, foi desenvolvida para ajudar professores e alunos da Universidade de Ciência da Computação McGill, localizada em Montreal (Canadá), a encontrar softwares armazenados em diretórios de FTP.
Emtage trabalhava como administrador de sistemas da faculdade e desenvolveu o buscador para facilitar a vida de seus colegas.
 No entanto, como a internet ainda era um embrião e não oferecia muitas oportunidades de negócios, o desenvolvedor não patenteou sua criação.
Em poucos meses várias pessoas na universidade - e fora dela - estavam usando o sistema, apelidado de Archie, que passou a ser comercializado por ele por meio de licenças.
Mas o sucesso repentino não foi suficiente para estimulá-lo a registrar o serviço. "Não mudaria a forma como as coisas aconteceram", afirmou Emtage em entrevista exclusiva ao Olhar Digital.
 O "pai do Google" garante que a vida é curta demais para se arrepender e que patentear uma ideia tão inovadora poderia acabar com a inovação futura. 

Leia a entrevista no:http://olhardigital.uol.com.br/negocios/digital_news/noticias/entrevista-exclusiva-com-alan-emtage,-o-pai-do-google

Nenhum comentário: