quarta-feira, 10 de julho de 2013

"Fala que eu te escuto" ouve o que não queria

Do site "Na Telinha":

Como um programa ao vivo que conta com a participação do público, o "Fala que eu te Escuto", da Record, volta e meia tem imprevistos por culpa da sinceridade do telespectador.

O programa da madrugada desta terça-feira (9) falava sobre um possível mensalão da Globo. Uma jovem chamada Fernanda entrou ao vivo e afirmou que não só a Globo manipula, e sim todas as emissoras, inclusive a Record

"Nos protestos, pelo menos aqui em Belo Horizonte, não pedíamos uma transparência apenas da Globo, mas de toda a mídia. Essa questão de manipulação, de mensalão, é complicada, porque a Record tem essas controvérsias do dízimo com a Igreja Universal. É o sujo falando do mal lavado", disparou a telespectadora.

O pastor Clodomir Santos, que apresentava o programa, tratou logo de encerrar a participação dela dizendo que ela não estava falando sobre o tema do programa, mas a jovem continuou o ataque: "Ouvir a opinião antes de ela ser colocada no ar, é uma forma de manipulação. Todas as emissoras manipulam, sim!".

Após a telespectadora desligar, o bispo comentou: "Se nós manipulamos mesmo, você não entraria no ar, não é?".

Nenhum comentário: