quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

E vai ter corrida no Farol!

Mais uma do blog "Ponto de Vista"


Prefeitura recua e confirma corrida no Farol

Após ter barrado o evento esportivo, a Guarda Municipal voltou atrás e agora destinou um local para a Corrida Verão da Família, na orla do Farol de São Tomé. A Prefeitura de Campos noticiou aqui, em seu site, a interdição de trecho da Avenida Atlântica informados pela Guarda Civil Municipal e o Instituto Municipal de Trânsito e Transportes (IMTT), órgãos do governo municipal, confirmando a corrida.
Contudo, a matéria ignora completamente a informação que a corrida chegou a ser barrada. Tampouco o Major Francisco Mello, Comandante Geral Interino da Guarda Municipal e Secretário de Paz e Defesa Social, que falou: “Temos muitas atividades sendo desenvolvidas no final de semana e, por uma questão logística, sugerimos três locais para a realização do evento e a fundação reconsiderou a sua avaliação inicial e optou pelo percurso do Lagamar à Colônia de Férias da Terceira Idade”.
Após ser amplamente divulgada na imprensa e também aqui na Folha Online (confira aqui), a corrida foi barrada pelo Major Francisco Mello, comandante da Guarda Municipal, fato solenemente ignorado por ele e pela matéria. Em ofício enviado na terça-feira, 18 de fevereiro, há apenas dois dias, o Major F. Mello se diz impossibilitado de atender ao pedido, face aos inúmeros eventos já agendados para o final de semana. Confira a prova abaixo:
A negativa da Guarda Municipal cancelou momentaneamente a corrida, que tinha 300 inscritos e contava com atletas vindo de fora da cidade, pois não há como fazê-la sem o apoio da guarda. Irritado, com razão, o vereador Neném, cuja bandeira de eleição foi o esporte, botou a boca no trombone ontem na Câmara. O fato foi divulgado aqui no Blog do Bastos, do jornalista Alexandre Bastos, o mais lido da cidade, e ganhou ampla e desfavorável repercussão, tendo sido republicado hoje aqui.
Pressionada, a Guarda Municipal fez um estudo logístico recorde na imensa orla do Farol de São Tomé e em menos de 24 horas “achou” um local para a corrida planejada que tinha sido planejada há meses, fazendo com a Prefeitura voltasse atrás na decisão. Menos mal que isto tenha acontecido. Pelo menos reparou o erro, ainda que por pressão e que não o tenha reconhecido.

Nenhum comentário: