sábado, 23 de agosto de 2014

Em tempo de boas lembranças


Walnize Carvalho

E na Semana do Folclore,a inocência entra na roda:

“Não passe embaixo de escada, dá azar”...
“Não deixe o calçado virado, a mãe morre”...
 “Não negue algo à mulher grávida, nasce terçol”... 
“Não coma casca de queijo, fica mentiroso”...
 “Não aponte estrelas, nasce verruga na ponta do dedo”...
 “Cuidado ao cruzar com gato preto”...
   E mais:
 Galo cantando, sinal de tristeza...
  Urubus no céu, prenúncio de agouro... 
Desenhar o sol no chão em dias chuvosos... 
 “ Meu São Longuinho, se eu achar dou três pulinhos”... 
 “Chuva e sol, casamento de espanhol”
  “Sol e chuva, casamento de viúva” 
    “pera/ maçã”, 
“pirulito que bate, bate”,
 “pique esconde”
 “tá quente, tá frio”...   
Amarelinha
pular corda. 
 passar anel... 
“Se esta rua/ Se esta rua fosse minha/ Eu mandava/ Eu mandava ladrilhar”...
“Samba lê lê está doente/ Está com a cabeça quebrada”...
 “Eu sou pequenininha/ do tamanho de um botão/ Trago papai no bolso/ e mamãe no coração”...
"Ciranda/cirandinha/vamos todos cirandar".

Nenhum comentário: