terça-feira, 4 de novembro de 2014

Cultura wajãpi é registrada em edição especial de selo dos Correios


Selo e carimbo que retratam arte dos índios Wajãpi (Foto: Cassio Albuquerque/G1)

A partir desta terça-feira (4) agências dos Correios de todo país terão o selo especial e o carimbo que retratam a cultura dos índios kusiwa wajãpi, que vivem em uma área de proteção ambiental próxima ao município de Pedra Branca do Amapari, distante 183 quilômetros de Macapá. A cerimônia de lançamento ocorreu nesta segunda-feira (3) na capital amapaense e na sede dos Correios, em Brasília.
A escolha do tema ocorreu durante o programa anual de emissão de selos, promovido pelos Correios no primeiro semestre de 2014. Segundo o assessor técnico do órgão, Benedito Vieira, o registro da arte indígena concorreu com milhares de sugestões que foram feitas pela população. Uma comissão em Brasília escolheu o tema vencedor. 
Japu Wajãpi representou a tribo no lançamento do selo (Foto: Cassio Albuquerque/G1)
Japu Wajãpi representou a tribo no lançamento
do selo (Foto: Cassio Albuquerque/G1)
"Não é a primeira vez que o Amapá é destaque nesse concurso. Em 2013, o Marco Zero do Equador foi escolhido para fazer parte dos selos especiais. Qualquer um pode escolher esse novo selo durante um serviço. Vale ressaltar que é uma edição limitada e pode ser um item para colecionadores", informou.
A imagem do selo é assinada pela índia Katirina Wajãpi e foi cedida pelo Conselho das Aldeias Wajãpi Apina através do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Ela mostra a grafia dos nativos que reproduz o modo de conhecer, conceber e agir sobre o universo.
O representante da aldeia, Japu Wajãpi, disse que a arte indígena, que pode estar expressa em objetos em cerâmica, nas habitações e no corpo é uma forma de retratar a natureza.
"Temos uma pintura distinta para cada um de nós. Essa nossa arte é uma forma da gente se comunicar entre nós e com o espiritual. Fico feliz em ver que nossa cultura está sendo reconhecida", disse orgulhoso.
A tiragem de 600 mil unidades será vendida por R$ 1,30 cada. Os selos podem ser adquiridos também na loja virtual dos Correios e na central de vendas à distância do órgão.
do  G1

Nenhum comentário: