quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Rapidinhas do dia

### A (mal contada) saída de Hudson Braga do governo de Luiz Fernando Pezão deixou muita gente encucada dentro e fora do Palácio Guanabara. Braguinha, como é chamado pelos mais íntimos, coordenou a campanha de Pezão e seria o homem-forte do governo do Rio de Janeiro (Leia mais aqui). Agora, sem mais nem menos, Hudson ficou sem o cargo de coordenador de infraestrutura de Pezão.
Um episódio revela como Braguinha criava inimigos e flertava com práticas controversas durante a sua passagem pela secretaria de Obras, enquanto Sérgio Cabral era governador. Certa vez, o tempo fechou em uma reunião entre ele, Pezão e o então presidente da Cedae, Wagner Victer, – empresa responsável por água e saneamento no Rio.
Braguinha reclamou no encontro que as obras da Cedae pelo estado eram lentas. Victer rebateu dizendo que a culpa era das empresas indicadas pelo braço-direito de Pezão. Faltou pouco para não saírem no tapa. (Radar On line)
 
### O baiano Divaldo Franco, 88 anos, um dos mais conhecidos e respeitados médiuns espíritas do Brasil, será recebido, hoje, pelo Papa Francisco, em cerimônia coletiva. (Ancelmo Gois)
 
### Joseph Blatter ganhou mais um concorrente na eleição presidencial da Fifa deste ano: o ex-jogador português Luis Figo. O meio-campista com passagens por Barcelona, Real Madrid e Inter de Milão revelou sua intenção em entrevista à CNN, nesta quarta-feira.
Assim, ele se junta ao ex-jogador francês David Ginola, ao ex-dirigente da própria entidade Jerome Champagne, ao vice-presidente da Fifa Ali Bin Al Hussein e ao presidente da federação holandesa, Michael van Praag, na concorrida disputa contra Blatter, que tenta ser eleito pela quinta vez como mandatário. (ESPN Brasil)

Nenhum comentário: