sábado, 2 de março de 2013

"Porque hoje é sábado"



"Na primeira noite eles se aproximam e roubam uma flor do nosso jardim.E não dizemos nada.Na segunda noite, pisam as flores, matam nosso cão,e não dizemos nada.Até que um dia,o mais frágil deles entra em nossa casa, arranca-nos a voz da garganta.E já não podemos dizer nada..."

Eduardo Alves da Costa

Nenhum comentário: