segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Nobel de Medicina premia cientistas por trabalhos com células-tronco

Do G1

O prêmio Nobel de Medicina de 2012 foi oferecido nesta segunda-feira (8) pelo Instituto Karolinska, em Estocolmo, na Suécia, a dois pesquisadores de células-tronco, o britânico John B. Gurdon, de 79 anos, e o japonês Shinya Yamanaka, de 50. Os dois cientistas descobriram, em trabalhos separados, que células adultas podem ser reprogramadas para se tornar imaturas e pluripotentes, ou seja, capazes de se especializar em qualquer órgão ou tecido corporal – como nervos, músculos e pele. Cada vencedor levará 8 milhões de coroas, equivalentes a R$ 2,4 milhões

Nenhum comentário: