sábado, 11 de agosto de 2012

Pressão religiosa faz Globo rever quadro sobre fantasmas do "Fantástico"

O "Phantasmagoria", do "Fantástico", vem sofrendo pressão de grupos ligados ao espiritismo e ao candomblé, segundo profissionais da atração.
Apresentado por Tadeu Schmidt e pelo mágico Kronnus, o quadro investiga lugares supostamente mal-assombrados.
O lobby seria para que o programa da Globo deixe claro que fantasmas não existem, sem questionar a existência de espíritos.
A pressão surtiu efeito e alguns episódios estão tendo seus textos revistos para não provocar protestos maiores.
Na internet é possível encontrar sites e blogs espíritas questionando o conteúdo da atração, que estreou no último dia 5.
Procurada, a Globo diz que desconhece protestos de entidades religiosas com relação ao novo quadro.

A informação é da coluna Outro Canal, assinada por Keila Jimenez e publicada na Folha de Sâo Paulo deste sábado (11)

5 comentários:

Neto Cordeiro disse...

Sou espírita, não vi o quadro em questão, até porque estava participando do culto na casa de minha mãe.
Mas pelo que li depois no twitter e na internet, é uma grande bobagem.
Nem perderei meu tempo.

Gustavo Rangel disse...

Tb sou espírita e concordo com Neto. E digo mais, eles acham que algum espírito vai se materializar e fazer caretas para a câmera? kkkkkkkk

walnize carvalho disse...

Não me interessei em assistir, pois não acredito em mistura de religião com mágico.(tipo Mister M)
Transcrevi a notícia pelo motivo acima citado.

Neto Cordeiro disse...

Muito bom ter postado a nota, Walnize. E misturar religião com magia realmente não rola.
Beijão.

Gustavo Rangel disse...

relaxa, Walnize!!