terça-feira, 5 de junho de 2012

Desistência de Rosinha?



Matéria do jornal "O Diário", há tempos, porta-voz da família Garotinho:

"Durante reunião na noite de domingo (3), que terminou na madrugada de ontem, em sua residência, a prefeita de Campos, Rosinha Garotinho (PR), comunicou ao seu marido – presidente do partido no Estado -, Anthony Garotinho, que não virá candidata à reeleição.
Rosinha alegou que, embora feliz com o trabalho que realiza na administração de Campos, entende que já cumpriu sua missão. Ela ressaltou que pretende, quando encerrar o mandato, voltar suas energias para a família e o trabalho que já desenvolve com crianças na sua igreja (Presbiteriana).
Segundo O Diário apurou, Anthony Garotinho ainda tentou argumentar, na com o objetivo  demover a prefeita da decisão, porém não conseguiu êxito. Rosinha teria argumentado que no grupo político existem pessoas capazes de levar adiante o trabalho que ela tem feito “com amor e dedicação”. O Diário foi informado, ainda, que Rosinha revelou também que está cansada “das perseguições” que sua família vem sofrendo, o que pesou fortemente na sua decisão.
Diante desse fato, surpreendente para integrantes do grupo político da prefeita, a expectativa, apontada por um dos membros do partido que pediu para não ter seu nome revelado, é que o PR adie a convenção, marcada inicialmente para o próximo dia 17 e se reúna às siglas do “Movimento Campos de Todos Nós” para definir um nome que possa receber o apoio de Rosinha e que seja capaz de unir todos os integrantes do grupo.
A reportagem do jornal não conseguiu falar com a prefeita nem com o presidente municipal do PR, Wladimir Matheus. O telefone de Garotinho também estava “fora da área ou desligado” e ninguém do grupo político abordado quis comentar a posição de Rosinha."

-----------------------------------------------------------------------

Acho prematuro qualquer avaliação ainda.Mas caso não seja um blefe, poderemos enfim ter eleições em Campos, já que tudo caminhava para uma tranquila reeleição do casal. O dia será de muitas especulações.
Será que é por isso que a turma do PR não queria de jeito nenhum que Arnaldo Vianna viesse candidato?
Aguardemos.

Um comentário:

Anônimo disse...

Ela não vai desistir. Quem viver verá.